Segundo Semestre

0
274

PERGUNTA DA SEMANA:

O segundo semestre vai ser melhor que o primeiro?

 

Alberto Meneghetti – Sócio Diretor da e21

Com diria Ariano Suassuna: “O otimista é um tolo. O pessimista, um chato. Bom mesmo é ser um realista esperançoso”.

E o publicitário é, por natureza, um realista esperançoso. Talvez na esperança de contagiar o nosso cliente, que precisa de uma alta dose de confiança no mercado para aprovar nossos projetos e investir em ideias ousadas. Estamos trabalhando com um cenário melhor para este segundo semestre, entregando mais e mais valor para nossos clientes. Deve ser melhor, certamente.

 

Dannie Dubin – Diretor da Ativa Multicanal

Vai ser melhor, sem dúvida!

 

Delmar Gentil – VP Financeiro e de Operações Sistema Dez

O primeiro já foi bom e o segundo irá manter o crescimento do primeiro. No segundo existem mais concorrências que o primeiro.

 

Edu Ferreira – Diretor da Sinergy Novas Mídias

Se não acontecer nenhum fato impactante na política/economia nacional e ou internacional, sim.

As projeções são de um segundo semestre 30% melhor que o primeiro semestre de 2017 e 20% melhor que o segundo semestre do ano passado.

 

Gustavo Eccher – Diretor da Kdoze Impressão Digital

Com certeza.

 

Gustavo Ermel – SPR Agency – Diretor de Estratégia e Inovação

Acredito que será igual ao primeiro.

 

João Satt – CEO G|5

Muito melhor!

 

José Luiz Monteiro Fuscaldo – Diretor da Moove

Ainda sob a perspectivas de crise, tanto em nível federal quanto estadual, os negócios patinam esperando momentos mais propícios. Acho que o segundo semestre se comportará ainda de forma conservadora. Tivemos uma tímida reação, atropelada por fatos políticos bastante contundentes. A Moove, ainda assim, está se preparando para a retomada da economia, enquanto isto fizemos o reposicionamento da empresa, focamos na prospecção de novos negócios e nos consolidamos no mercado ao chegarmos aos 15 anos de operação comemorados nesta semana. Embora com uma previsão de menores investimentos neste semestre, depois de um excelente primeiro semestre, nossa preocupação maior é compreender as grandes mudanças pelas quais passa o negócio da propaganda, e estar prontos para ingressar numa nova era que já começou. E ninguém que pensa como se pensou propaganda nos últimos 30 anos estará vivo se não mudar o modelo mental e adaptar-se aos novos conceitos de negócio no nosso segmento.

 

Marcelo Abdala Leite – Grupo RBS

Vai ser melhor.

Mesmo com ambiente de instabilidade política estamos vendo vários clientes com maior disposição pra investir. Alguns indicadores econômicos também estão evoluindo bem e ajudam na tomada de decisão de investimentos.

 

Marcelo Pacheco – Grupo RBS

O primeiro semestre foi bom para a RBS, principalmente impulsionado pela sua nova abordagem ao mercado. Para o segundo semestre, estamos confiantes de que a consolidação de nosso modelo de vendas integradas nos levará ainda mais longe. Historicamente, temos um segundo semestre mais forte que o primeiro e não temos nenhum indicador que nos mostre o contrário.

 

Márcia Christofoli – Publisher Coletiva.net

Parece que sim. A economia começa a dar sinais de aquecimento (ao menos foi o que muitos dos “representantes do povo” alegaram ontem, não? Hahahahaha). Percebo o mercado chorando menos, reclamando menos e um pouco mais consciente de que é preciso fazer algo para reverter o quadro. Afinal, pior do que tá, não deve ficar.

 

Maria Helena Piagetti Müller – Diretora de Atendimento da Protarget

Nossa perspectiva é positiva para o segundo semestre, acreditamos que será melhor do que o primeiro, porque apesar da grave situação política algumas decisões serão efetivadas e assim teremos maior estabilidade financeira. No varejo, se trata de um período mais longo de vendas, já que a estação de calor leva mais o consumidor às lojas e consequentemente aumenta o potencial de consumo e a movimentação geral. O cenário está longe de ser um oceano azul, mas parece que respiraremos um pouco mais aliviados, sem surpresas muito positivas, mas também não negativas, o que já é lucro nos dias brasileiros atuais.

 

Soraia Hanna – Sócia Diretora da Critério

Vai ser melhor, com certeza.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVIDA
Próximo artigoSemana da Propaganda de 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here