15 de Setembro de 2017

0
219

DESVALORIZAÇÃO

Em uma ação que surpreendeu a todos o Hospital Moinhos de Vento passa a ser atendido publicitariamente pela agência Multinacional de São Paulo a McCann Erickson.

Provavelmente os mentores dessa decisão não fizeram exames para diagnosticar a doença que os impeliu a tomar tal atitude. Concorreram outras duas empresas de São Paulo para a conquista da conta.

 

HMIDIA

Depois de mais de 15 anos atuando no sistema de Rádios da Band, Paulo Cecom é o novo gerente comercial da HMidia. Por questões internas, não ficamos sabendo a nova composição comercial e administrativa da empresa, apesar de sabermos que tiveram mudanças.

 

ESCOLHA

Quando alguém escolhe seu destino depois de trabalhar em uma bela empresa por quase 20 anos e se transfere para a insegurança e a soberba, não sabe se valorizar e saber que merece mais.

 

ARP

As antigas diretorias da ARP que tiveram em suas gestões todo o apoio de Sergio Chechia, e mais do que isso, sede provisória na ESPM, poderiam saber e ver a situação desse querido mestre e homenageá-lo por suas contribuições antes que seja tarde. Ele merece mesmo! Enquanto esteve no mercado e como diretor da ESPM foi talvez o maior incentivador do mercado publicitário.

 

TIRADA DE TAPETE

Vergonha o que está acontecendo com um novo diretor que está querendo mudar e fazer o melhor e antigos e magoados profissionais estão puxando seu tapete. O mercado não vai prá frente enquanto tivermos esses caranguejos que puxam o sucesso prá baixo.

 

NOVA ERA

Um produto que nasce da inovação e do desejo de entregar a melhor experiência em jornalismo local. É assim que o colunista de Zero Hora, Paulo Germano, adiantou, em suas redes sociais, um pouquinho do trabalho que está sendo desenvolvido em ZH e que será lançado no dia 21 de setembro. “Vem aí um jornal também para ouvir” – disse o colunista. A mensagem faz parte da fase teaser da campanha, produzida pela agência Morya, da nova plataforma de news e esportes do Grupo RBS.

 

Ao mesmo tempo, o editor-chefe da Rádio Gaúcha, Daniel Scola, âncora dos programas Gaúcha Atualidade e Chamada Geral Segunda Edição, contou em suas redes sociais que o time está produzindo uma experiência que vai deixar a rádio ainda mais próxima do público, um produto jornalístico inovador, com muito mais conteúdo. “Vem aí uma rádio também para ler” – disse o jornalista.

 

– A campanha é baseada em explicar a proposta de valor do produto e gerar desejo e experimentação. Usamos como pilares os elementos que são centrais no próprio produto: linguagem digital, presença das nossas estrelas e criação de produtos exclusivos. Estamos muito entusiasmados com o produto e queremos que, já a partir da campanha, nosso consumidor também fique – destacou o diretor-executivo de Marketing do Grupo RBS, Marcelo Leite.

 

O time de comunicadores de Gaúcha e Zero Hora é o diferencial do produto – nos próximos dias, outros profissionais que atuam nas duas marcas deverão adiantar um pouco da nova plataforma de news e esportes. No ambiente digital, esses comunicadores farão parte de novas atrações. Serão sete novos programas para o lançamento e, a cada 45 dias, outros estarão disponíveis para acesso da audiência. A cobertura local será um dos principais focos, com o objetivo de estar ainda mais próximo do público, além dos conteúdos relacionados à dupla Gre-Nal. A campanha de comunicação tem assinatura da Morya.

 

PRECIFICAÇÃO

As entidades gaúchas estão se movimentando para derrubar as leis que podem ser aprovadas pelos legislativos da capital e do estadual.

  1. Assembleia andando com os advogados. 2. Câmara receberá carta das entidades até quarta-feira com todos representantes assinando.

 

ATÉ QUANDO?

Tem gente que faz parte dessa mensagem decifrada que deveria abrir o jogo e mostrar a cara e dizer toda a verdade e não ficar no passado que não existiu e nas ações e participações que estão só na sua história. Esse inventou o fake antes do fake.

 

Jonatas Abbott

Casos como o do fotógrafo, da “menina aquela” e do Kid Farsante gaúcho que tá levando 80% do mercado digital na conversa falam muito mais de quem compra e revende essas figuras do que sobre elas mesmas. Farsantes estão por toda a parte. Estão no papel deles. Como parasitas. Só avançam onde tem terreno fértil. Onde tem hospedeiros, onde tem eco. O problema não é quem engana. É quem não deveria ser enganado. Essa figura se divide em 3 tipos:

  1. O que sabe mas leva vantagem junto.
  2. O que não quer saber porque leva vantagem junto.
  3. O ingênuo.

Normalmente o farsante dá a primeira alavancada no 3. Fica famoso quando o 1 assina embaixo dele. E vira mainstream quando o 2 entra na jogada.

Tem casos em que o 1 é inacreditável. O 2 vc não se surpreende muito. E o 3 vc tem pena.

Em volta desse tipo de situação tem ainda outra figura. Pertence a típica classe média brasileira. O cara sabe mas não quer comprar essa briga. Corre e se esconde. Tem medo do 1, não quer se expor com o 2 e justifica seus atos citando o 3.

 

SPR/PALESTRA

Nesta quinta, dia 14 de setembro, o Circuito F5 Almoço com Inovação 9ª edição contou com a palestra “Sobrevivência – a ousadia é o oxigênio das grandes marcas”. O tema foi apresentado pelo sócio e diretor-executivo da SPR, Juliano Brenner Hennemann, publicitário e empresário que há 20 anos conduz marcas a seguirem por caminhos de sucesso. O evento aconteceu das 11h30min às 13h30min, na Confraria da Tramontina (junto à Estação Férrea de Garibaldi).

 

Em sua apresentação, Hennemann falou sobre o papel da inovação, da ousadia, da originalidade e da criatividade nos negócios, o cenário que estamos inseridos, quais os caminhos para uma marca ajudar a fazer mais e melhores negócios, o impacto da criatividade nos resultados e a relação entre criatividade e efetividade.O público pagante que lotou a Confraria  aplaudiu em pé o palestrante.

 

ADEUS NETFLIX

Disney declara que vai abrir seu próprio serviço de streaming de vídeos em breve, abrindo mão da plataforma da Netflix para disponibilizar seu portfólio nos EUA e a suposta procura por parte da Amazon e da Apple pelos direitos de produção e distribuição da saga 007.

Neste sentido, nenhum elo é mais fraco que o da Netflix: ainda que seja a líder do mercado no segmento, não possui a estrutura de unidades de negócios, lucro e mesmo caixa que seus novos competidores diretos, como Apple, Disney, HBO, Amazon e a gora Facebook – destas apenas uma vive como ela exclusivamente do conteúdo.

E a Netflix é a “noiva cobiçada” do setor. Cairia como uma luva para Apple e Facebook, que não possuem projetos sustentados neste segmento. Traria uma notória liderança para HBO e Amazon, que não entram em novos mercados para ser meros figurantes. E complementaria o portfólio de quem vislumbro como principal interessado futuro numa sinergia: a Disney poderia agregar porfólios bem como canais para evoluir seu modelo de streaming de conteúdos que vão dos filmes ao noticiário e esportes, virando uma completa alternativa à TV a Cabo nos EUA e globalmente.

Por cerca de US$ 60 bilhões a Netflix é de uma delas. Apple e Amazon podem comprar com o vultoso caixa que possuem, a medida que as demais precisariam realizar uma fusão de ativos que colocaria Reed Hastings – fundador da empresa – como um dos principais acionistas individuais.

 

NOVA EMPRESA

Cláudia Velloso Quaglia é publicitária, especialista em divulgação e expansão de marcas, gerenciamento e vendas, comercialização e orientação técnica para geração de negócios tendo atuado nos últimos 30 anos em estruturas como RBS, Bandeirantes, Ativa, Sebrae RS, Estação Elétrica, entre outros. É fundadora da Toolbox Network, consultora em Gestão de Negócios e estuda web design.

A história do Meiguices de Parede começou antes do Natal em 2016.

Pensando em inovar nos presentes para os amigos, Cláudia aplicou em molduras de gesso o motivo do Divino Espírito Santo, usando tecido, mini fuxicos e fitas coloridas numa batida bem brasileira. Estes mimos caíram no gosto e desde então ela não parou mais de receber pedidos.

Observando esse movimento e encorajada pela família, criou em 2017 o Meiguices de Parede. São molduras em gesso com aplicações em MDF e tecido, onde a publicitária usa imaginação e cria peças exclusivas para clientes que buscam autenticidade e valorizam o “feito à mão”.

O Movimento “Handmade” é uma realidade no mundo todo, por isso a Cláudia observa a originalidade e temas contemporâneos, ela trata tudo como se ela mesma fosse presentear um amigo. O “Feito à Mão” é mais que uma tendência, é encarar o fazer como uma fonte de prazer e de renda. Segundo ela, o luxo hoje não obedece marcas, mas sim legados. “Eu crio para pessoas que buscam originalidade e querem marcar presença com seu público encantando, através dessas molduras e que ao mesmo tempo se sintam satisfeitos em apoiar e fortalecer uma pequena e nova economia. Comprando de pessoas próximas, colaboramos para um estilo de vida e uma fonte de renda

para os que Fazem com as próprias mãos e toda uma cadeia de fornecedores também”, explica Cláudia.

Buscando organizar os modelos para poder mostrar aos clientes e facilitar o acesso, Cláudia montou o site do Meiguices De Parede https://claudiaentre.wixsite.com/meiguicesdeparede que já nasce com 3 coleções, aproximadamente 29 variedades em montagens. Percebendo que Movimento “Handmade é o “novo luxo”, oferece também embalagens para presente, lindas e caprichadas, com bichinhos de feltro para público infantil e jovens, atendendo aos pedidos dos exigentes clientes.

Existe atualização e constante pesquisa em tendências de moda e materiais, assim a designer diversifica temas e desenvolve criações através de briefings específicos, produzindo peças sob medida dentro da proposta dos produtos. Recentemente recebeu encomenda de uma agência de publicidade para criar quadros, que serão colocados no novo ambiente comercial recém-inaugurado de um cliente, uma linda confeitaria, peças customizadas com motivos e cores sob medida.

As molduras expressam delicadeza e pessoalidade, nenhuma peça é igual à outra.

Para conhecer os produtos, acesse: https://claudiaentre.wixsite.com/meiguicesdeparede

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here