29 de Setembro de 2017

0
224

GAUCHA ZH

São 4 os patrocinadores do GauchaZH, Nex Group, Racon, Puc e Taqi que representam cotas cheias. Estão sendo comercializadas mais 3 cotas cheias e mais 3 meias cotas.

IBOPE

A pesquisa Ibope Kantar de Rádios mostrou que se está escutando muito mais rádios do que alguns incrédulos imaginavam. Tem vária emissoras com audiências significativas e importantes, podendo satisfazer o cliente em várias faixas horárias.

SBT

O SBT Rio grande do Sul possui uma equipe comercial que com seus profissionais conseguem desafiar as metas propostas e atingi-las com margens superiores, superando praças que se dizem mais importantes. Realmente a configuração da equipe e a direção do SBT gaúcho são diferenciados.

HMIDIA

Em franca expansão com seus produtos e um grande portfólio de pontos e de oportunidades está necessitando e tem vaga de atendimento.

OOH

O painel Audiência em Mídia Exterior (AUMEX), resultado da parceria entre a associação Central de Outdoor e a Everywhere Analytics, determina a audiência média de OOH (Out of Home) nas cidades brasileiras: Porto Alegre, no Rio Grande do Sul; Recife, em Pernambuco; Porto Velho, em Rondônia; Catanduva e São Roque, ambas em São Paulo; e Joinville, Blumenau e Jaraguá do Sul, todas em Santa Catarina.

O estudo mostrou o número de pessoas com smartphones ativos e wi-fi habilitados e o número de impactos que resultam da quantidade de vezes em que as pessoas passaram pelos locais.

Os números de Porto Alegre: Pessoas (318.557 mil) e Impactos (828.184 mil). A primeira colocada foi Recife com Pessoas (653.649 mil) e Impactos (2.293.099 milhões), enquanto a última foi Catanduva com Pessoas (66.807 mil) e Impactos (104.128 mil).

 

E-BOOK GRATUITO

Durante a FBV, o Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre reuniu todas as grandes discussões que aconteceram no evento e desenvolveu um e-book com as revoluções que estão acontecendo no varejo digital desde a venda online até a presença de influenciadores das redes sócias na promoção de produtos e marcas. Todo esse conteúdo mostrado a partir de cases de sucesso e da visão dos mais renomados palestrantes da Feira.

Baixe gratuitamente no link: http://ebook.sindilojaspoa.com.br/l/mTrq4dABF1114?utm_campaign=E-books&utm_content=E-Book+-+FBV+-+Vol+1+%281%29&utm_medium=email&utm_source=EmailMarketing&utm_term=Ebook+FBV+Varejo+Digital/PCAo2

 

TV PROGRAMÁTICA

A Rede TV com o apoio da Unilever decidiu botar em prática a possibilidade de compra de anúncios no modelo programático, assim como acontece no ambiente digital.

Amilcare Neto, diretor nacional de vendas da RedeTV, explica: “Na ocasião, conseguimos programar quase automaticamente um comercial e vimos o potencial. Resolvemos juntar as equipes e analisamos o desafio”.

O método utilizado permite definir parte do demográfico da audiência e a quantidade de pessoas. Maior custo por mil potencializa a exposição, já que a venda é em leilão em tempo real (real time bidding).

A emissora está trabalhando com a empresa de mídia programática Cadreon, que faz parte do grupo Interpublic, com a qual já realizava experiências desde 2014.

Enquanto ainda não há a total padronização de sistemas, que poderia incluir ainda painéis de métrica televisiva, a Rede TV já levou ao ar comerciais da marca Seda, baseados na nova tecnologia.

 

MARCA NOVA

No ensejo dos seus 60 anos de existência, a gaúcha Mário de Almeida aposta na modernização da sua identidade visual. Com uma tipologia mais leve e atual, em tons de azul e cinza, a estética da nova logo é replicada para os demais itens nas diversas plataformas de divulgação. O slogan “A Marca das Marcas” parte do princípio de que a empresa tem a expertise de pioneira na especialização de cuidar das marcas de outras empresas, obtendo os melhores resultados nestes 60 anos. O projeto de revitalização é assinado pela Zebra Pop.

 

Dentro da mesma proposta, a empresa renovou o seu site (www.mariodealmeida.com.br), que, além das mudanças visuais, aposta em uma linguagem mais acessível. Com um menu de navegação intuitiva, traz informações sobre os serviços oferecidos, blog com notícias sobre o segmento, além da história da Mário de Almeida e um pequeno perfil dos diretores. Elaborado e executado pela agência Criápolis – Inteligência Criativa, de Santa Maria, o portal contém também a campanha comemorativa aos 60 anos com banners remetendo à história das marcas.

 

WATSON

Fazia tempo que não falávamos do Watson? Pois então, essa semana saiu a notícia de que o supercomputador da IBM agora é capaz de na produção de conteúdo levar em consideração o clima de cada região e como ele altera os hábitos sociais. Isso tudo graças a nova parceria com a The Weather Company, plataforma que produz previsões para 2,2 bilhões de locais a cada 15 minutos.

“O tempo impacta seu humor e suas emoções, e isso contribui grandemente para tomadas de decisões”, disse Cameron Clayton, ex-diretor executivo da The Weather Company, que agora é gerente geral do IBM Watson Content and IoT Platform.

Veja no link o vídeo que mostra o que o Watson e a North Face aprontaram usando esse novo recurso: https://www.youtube.com/watch?v=zkyxtq0vcY8

 

O QUE COPIAR DOS INFLUENCIADORES

1.Frequência:

– Se a marca fala que vai fazer uma ação e que vai ser ativa em determinado canal, mas então não faz, é muito pior diante do público.

 

  1. Sem medo dos haters:

– Lidar com os haters da mesma forma que um influenciador normal

 

  1. Persona online:

– Os criadores já encontraram sua linguagem, enquanto as marcas ainda estão engatinhando (principalmente multinacionais).

 

  1. Desapegar do “Merchan”

– O objetivo agora é fazer algo viral e cada vez mais orgânico.

 

  1. Usar influenciadores x ser marca influenciadora

– Marcas têm de pensar em sua estratégia de forma a não competir com o influenciador que usa, pois pode acabar invisível.

 

  1. Padrão “internet” de qualidade

– Dependendo da rede social, não tem problema o vídeo estar tremido desde que seja relevante, pois faz parte da linguagem.

 

  1. Se a marca se posiciona como produtora de conteúdo, tem de entender deste mercado que mistura Hollywood com Silicon Valley: é Hollywood porque exige bons roteiros e direção, e também Silicon Valley porque é preciso dominar a tecnologia.

 

REPOSICIONAMENTO

A agência Protarget completa trinta e cinco anos e celebra a data com uma série de mudanças. A começar pelo reposicionamento, resumido na nova assinatura. De Comunicação e Marketing ela passa a assinar The Branding Company. Maria Helena Müller e Osvaldo Mde  gência.eüller continuam à frente da direção da agência. Ela explica: “a nossa grande inteligência sempre foi na construção de marcas, por isso nada mais apropriado do que falar em branding para destacar e ampliar o que fazemos de melhor”. Dentro do guarda-chuva do branding estão desmembrados os quatro principais braços de atuação da agência: creative, digital, design e strategy. “Criamos tudo o que gera valor de marca”, reforça Ricardo Müller, Diretor de Criação, responsável pelo novo direcionamento estratégico/criativo da agência e de seus clientes. Ao lado do irmão, Annie Müller atua como diretora de Relacionamento e Estratégia, à frente da gestão das mais de dez empresas atendidas. O posicionamento como agência de branding abre um novo modelo negócio, em que a Protarget passa a oferecer serviços em todas as frentes que agreguem às suas marcas. Parte dessa entrega é a consolidação da parceria com a Tangerine, renomado estúdio de design sediado em Londres e representado no Brasil pela agência. Annie e Ricardo fizeram pós-graduação na Londo School of Marketing, na Inglaterra, onde começou o vínculo com a Tangerine.

 

Além do reposicionamento, a Pro, como é chamada, também apresenta uma identidade visual e uma sede inteiramente reformulada. “Em termos de estrutura, redesenhamos todo nosso espaço de trabalho e focamos o número de departamentos em três grandes áreas: Criação & Estratégia, Transmídia e Relações. Essa mudança vem nos ajudando a trabalhar mais integrados no pensamento e nos planos de branding e a sermos ainda mais ágeis na entrega”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here