COMUNICAÇÃO VS INFORMAÇÃO

0
180

COMUNICAÇÃO VS INFORMAÇÃO

Nossos relacionamentos acontecem através de interações e intercâmbio de formas simbólicas. Uma risada, um olhar ou um gesto pode ser um complemento, por exemplo, para um conteúdo transmitido verbalmente.

Durante a maior parte da história da humanidade as interações sociais foram face a face. Tradições eram passadas de pai para filho através de histórias. A interação face a face tem um caráter dialógico – de co-presença – onde emissor e receptor partilham do mesmo referencial de espaço e tempo, o que implica em uma ida e retorno do fluxo de informação e comunicação.

 

A palavra informação é usada como sinônimo de comunicação, o que é um erro. Informação vem do latim “informare”, que significa dar forma, sendo que a definição mais comum é “Ato ou efeito de informar”.  O fluxo da comunicação tem um sentido único, sendo que o emissor não tem a preocupação em saber como o receptor interpretou as formas simbólicas que ele emitiu. É uma ação unilateral de uma pessoa que deseja passar um conteúdo para outra. Já o receptor não tem nenhuma obrigação em mostrar sinais de compreensão. Em muitos casos ele não está sendo monitorado, ele não tem poder de resposta e alternativa de expressar suas impressões sobre o assunto.

 

A comunicação é uma interação que tem um caráter dialógico entre emissor e receptor. O emissor procura saber como o receptor interpreta as formas simbólicas, provocando reações e respostas do receptor. Com isso, caso o emissor tenha interpretado alguma forma simbólica de forma equivocada, o receptor pode corrigir. Vale lembrar que diferenças nos atributos sociais dos receptores podem afetar na maneira que cada um se relaciona com as mensagens recebidas, por isso, a importância do diálogo. É preciso conhecer como o grupo para o qual você está comunicando entende, reflete e integra em suas vidas a mensagem que você emitiu.

O crescimento dos múltiplos canais de comunicação e informação contribuiu significativamente para a complexidade e imprevisibilidade de um mundo já extremamente complexo. Criando uma variedade de formas de ação à distância, dando aos indivíduos a capacidade de responder a ações e eventos que acontecem à distância, o desenvolvimento da mídia fez surgir novos tipos de inter-relacionamento.

 

Atualmente é possível ver um acontecimento em tempo real em qualquer lugar do mundo. Além disso, filmadoras de celulares, MP3, máquinas digitais e a internet podem disseminar imagens e sons do mesmo acontecimento sem passar pelos meios tradicionais de produção da notícia como a televisão, rádio ou jornal. Isso dá ao receptor a opção de expandir o seu conhecimento sobre determinado acontecido e ainda pegar referências de pessoas que presenciaram tal fato. Num mundo de múltiplos canais de mídia é importante estabelecer canais de comunicação sempre com muita transparência e respeito com os receptores.

Lembre-se: Muitas vezes nós estamos apenas informando quando a nossa intenção é comunicar. Uma comunicação eficiente é feita de diálogo. Estabelecendo um canal de comunicação entre você e os seus colaboradores você terá uma ferramenta para entender melhor os anseios dos receptores e assim disseminar valores e estratégias com mais eficiência.

COMPARTILHAR
Artigo anterior27 DE OUTUBRO 2017
Próximo artigoEliana Azeredo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here