DEBATE TVE

0
322

DEBATE TVE

Ocorrido na sexta-feira passada (15-12) e mediado por Nenê Zimmermann, o Debate TVE contou com a presença de Liana Bazanela, diretora da DeBrito Sul e próxima presidente da ARP, Gabriel Fuscaldo, diretor de negócios digitais da agência MOOVE, Alberto Meneghetti, sócio diretor da E21 e Zeca Honorato, sócio diretor da AMA e atual presidente da ARP.

A pauta foi sobre os desafios da propaganda no RS, as perspectivas para o próximo ano e uma análise do setor em 2017, o que levou a uma reflexão entre os convidados para discutir como buscar soluções efetivas que consigam trazer resultados positivos para o mercado publicitário.

Obrigado a todos que aceitaram o convite e fizeram esse encontro ser tão especial!

 

ABRIL

Depois de 24 anos à frente dos escritórios da Editora Abril no RS, a querida, carismática e competente Sonia de Paula está deixando a Empresa. Seu trabalho foi sempre digno e muito valorizado por todos. Clea chies executiva da Editora abril depois de 21 anos também deixa a empresa. Continuam na Abril os profissionais Paola Fischer e Luciano Souza.

O mundo da comunicação continua implacável com os profissionais que tem curriculum e história. Na história do nome Abril (Arvore) espécime escolhida pela família Civita, os galhos e as folhas estão ficando secos e a raiz sem forças.

 

EBC

A Empresa Brasileira de Comunicação que tem sob sua jurisdição a TV Brasil é a dona do prédio onde está localizada a TVE (Fundação Piratini).O prédio que pertencia a família Chateaubriand (TV Piratini), foi do INSS que ficou com aquele grande patrimônio em troca da dívida que os Diários Associados tinham. O ex-presidente Lula, que queria ter uma Rede de TV, comprou por 6 e meio milhão e trouxe para o RS vários profissionais e ainda locou salas no centro para abriga-los com móveis de primeira, só no morro Santa Teresa eram 5 salas nunca habitadas.

A TVE paga de aluguel para EBC mais de 130 mil em exibição de programas da TV Brasil.

Portanto a historinha que contam que o Governo Sartori vai vender o prédio para uma construtora que construirá um condomínio é descabida e inverídica.

 

BAND/RS           

O projeto Parceiros Band RS abre espaço na programação para telespectadores e produtoras do Estado com vinhetas que mostram recantos gaúchos.  Com mais de 20 cidades já representadas em 46 imagens vindas de todos os pontos do Rio Grande do Sul, a Band RS rompe fronteiras e chega ao Uruguai, apresentando também os principais atrativos do pais vizinho. Além de imagens inéditas da Capital e de Torres, em dezembro teremos estreias, com a chegada das cidades de Arvorezinha, Bagé, Cacique Doble e Mampituba.

 

“Estamos mais presentes na vida do nosso público, quando a Band RS coloca na tela imagens da sua cidade, estamos ao lado dele. Já mostramos todas as regiões do estado e agora o Uruguai, mas sempre tem algo a mais, algo curioso, diferente. E que será nosso alvo, nossa próxima atração”, afirma Pedro Weber, coordenador do projeto. ” A Band RS está em constante movimento e a participação direta do telespectador é fundamental neste processo.”, completa Sergio Cóssio, diretor geral do Grupo Bandeirantes no Rio Grande do Sul.

Para participar escreva ou entre em contato pelo e-mail bandrs@band.com.br. A nova temporada entra no ar no início de janeiro.

 

PALHAÇADA

Ameaças, jogo sujo, interferências em pontos que não lhe pertencem, atravessamento de negociações. Assim é a postura de alguns profissionais que dizem que trabalham e se orgulham de fazer M…, e pior, não honram as empresas onde trabalham.

Atitudes mal-intencionadas, visando o seu “EU” e não a dimensão do mercado.

Angústia do ganha-ganha leva ao desimportante perde-perde.

Só o tempo para mostrar para esses Imb… a RAZÃO.

 

DEBRITO SUL

A agência comandada por Liana Bazanella conseguiu a conquista dos shoppings do grupo Multiplan em Porto Alegre e Canoas (Barra Shopping Sul e Park Shopping Canoas).

O grande destaque dessa conquista foram os investimentos feitos pelo grupo, considerado um dos maiores clientes-anunciantes do RS. Vale dizer que esse investimento é altamente significativo para o segmento, pois não é costumeiro.

Parabéns a direção dos Shoppings por acreditarem na nossa tão querida comunicação gaúcha.

 

POR QUE REZAR?

Texto espetacular de Nizan Guanaes, renomado e brilhante publicitário brasileiro e empresário na área de Comunicação.

“Inspirado por Abilio Diniz e pelo meu personal trainer, comecei a rezar todas as manhãs. Leio os jornais e depois rezo.

No início, foi como começar a correr e fazer exercícios, uma decisão intelectual, um gesto de disciplina, que você faz por obrigação e pouco prazer.

Mas, aos poucos, aquilo foi virando um oásis neste momento atribulado que, como qualquer empresário brasileiro, eu vivo.

Esta é uma crise brava, em que você tem que fazer sacrifícios para salvar o todo e vencer a crise. Um momento duro, de decisões duras, mas decisões necessárias e inadiáveis.

Neste momento, é preciso pedir a sabedoria que o jovem Salomão pediu a Deus. A sabedoria que David, o estadista, pediu tanto a Deus.

Só mesmo Deus vai nos dar, por meio de seu Espírito Santo, as virtudes que não temos. No meu caso, por exemplo: paciência, sabedoria, parcimônia.

David diz nos seus lindos Salmos que o Senhor salva o homem e a besta. Tem uma besta no homem. E, se deixar a besta solta numa crise como essa, a besta desembesta.

Não rezo para ser santo. Rezo para ser homem, para ser humano. No sentido divino dessa palavra: ser um líder humano, um profissional humano, um marido humano, um pai humano.

Humano como Francisco, o Papa, que ao escolher seu nome já apontou o caminho. Que em dois anos tirou a Igreja Católica do intramuros do Vaticano e a trouxe de volta aos homens e às mulheres do mundo todo e de todas as fés.

Minha amiga Arianna Huffington, uma das empresárias e mulheres mais interessantes destes tempos modernos, me ensinou a prestar mais atenção em meditação em seu novo livro, “A Terceira Métrica”, publicado no Brasil pela editora Sextante.

Nos Estados Unidos, só se fala em “mindfulness”, em meditação. Até no Massachusetts Institute of Technology, o famoso MIT, meca mundial da tecnologia, se fala disso.

Roberto Zeballos, que é um dos médicos mais modernos do Brasil, fala muito em meditação.

Rezar é meditar. E fortalece muito o empresário. É bom para quem tem fé, é bom para quem quer ter fé, é bom para quem quer ter paz, é bom para quem quer ter foco e discernimento.

Quando você reza ou medita, você foca, concentra, reúne forças, toma o controle da sua vida. Você toma o controle da besta, como a inveja, a usura, o olho gordo, a pequenez, o medo e os instintos animais que existem em cada um de nós.

Sem a oração e a meditação a gente desembesta a fumar, a beber, a tomar Rivotril. Desembesta a sofrer e a passar as noites acordado. Desembesta a pensar com o fígado em vez de pensar com a cabeça, com o coração e com a alma.

A besta é uma má pessoa e um péssimo empresário. Rezar é o meu antídoto contra ela.

A oração torna todo dia o dia 25 de dezembro. Por meio da oração nasce a cada dia um menino Jesus em nós. Rezar é um Natal na alma!

Acreditar em Deus evita que a gente se ache Deus. E evita que a gente seja movido pela besta que está no homem.

É por isso que, a cada manhã e a cada noite, eu rezo. Não para ser santo, como disse, mas para não ser besta. Para ser homem”.

(Nizan Guanaes)

 

LIVRO

Autor: Felipe Salomão

Título: Sorte ou Azar

Onde: Saraiva e Cultura

De quem é a culpa se a sua vida é uma droga? O Pedro acredita que é tudo uma questão de sorte (ou azar). E já que a vida dele começou de um jeito bem errado, ele está destinado ao fracasso. Simples assim.
Pedro não é um personagem fácil. E se você tem um mínimo de sanidade, vai odiar ele logo nas primeiras páginas. Porque esse livro não foi escrito para te agradar. Na verdade, ele te ofende. Te revolta. Mas quem nunca precisou de uma pancada literária, que atire a primeira pedra.
Uma jornada sobre sexo, drogas, mentes perturbadas e relacionamentos estranhos. Não é fácil de acompanhar. As atitudes do personagem fazem com que a gente se questione sobre como encaramos os nossos problemas. Será que estamos jogando a culpa na sorte, quando na verdade deveríamos estar tomando as rédeas e assumindo a responsabilidade sobre as nossas falhas? Será que podemos atribuir os infortúnios à puro azar? Eu prefiro acreditar em carma. Em atitude e consequência. Em ser protagonista e não uma vítima na sua própria história.

 

ALEXANDRE GAMA

Essa foi a declaração de Alexandre Gama, fundador e CEO da agência Neogama, para o Meio & Mensagem quando perguntado se cogita a possibilidade de voltar a gerir uma agência de comunicação:

“Não acho que essa definição se aplica mais ao tipo de serviço a ser prestado no mercado. Vamos ser claros: não vejo ninguém feliz dentro das agências, principalmente nesse modelo de holding e grupos. As pessoas estão saindo em peso dessas estruturas e se alguém for ver quantas já deixaram os grupos nesses últimos anos, ficará chocado. Poderia se dizer que os grupos estão renovando, mas a verdade é que as lideranças de saída é que estão renovando sua visão de trabalho e não querendo mais operar de dentro de um modelo tão engessado e financeiramente restritivo. O talento não está feliz e os grupos de comunicação podem perder cada vez mais gente de talento. É uma pena, mas, por outro lado, um ciclo novo se abre com empreendedorismo independente. E essa é a beleza da coisa. Acho que há muito espaço novo para David nesse jogo antigo de Golias”.

 

TROCA DE CEO

Deixando a Lew’Lara/TBWA, Márcio Oliveira assume a presidência da DM9DDB que será dividida com Paulo Coelho que ocupava o cargo de diretor executivo de criação da própria agência.

Em 2017 a DM9 conseguiu manter e ampliar seu atendimento ao Walmart e conquistou novas contas, como a da marca Subaru, representada no Brasil pelo grupo Caoa.

No início do mês, esteve no Brasil o CEO global da DDB Worldwide, Chuck Brymer. Ele falou sobre a saída de Paulo Queiroz e a busca da DDB por um novo presidente para sua agência no Brasil: “Estamos avaliando algumas opções e sabemos que há muita empolgação e interesse no mercado. Procuramos alguém talentoso e divertido”.

Vencedor do Prêmio Caboré de Empresário ou Dirigente da Indústria da Comunicação no ano passado, Marcio Oliveira tem 44 anos de idade e é um dos principais novos líderes do mercado brasileiro.

 

YOULAB

Quebrando paradigmas e inspirado no Paimlab, que estava presente no Tecnopuc, o laboratório – chamado Youlab (Cocriação da Youcom e da agência Paim) – proporciona ambiente aberto para criatividade a fim de construir ações com propósito e impacto no mundo, através da marca Youcom. Com uma enxuta equipe fixa e profissionais e parceiros cocriando projetos de maneira colaborativa, a startup terá todos os seus processos adaptados à realidade do negócio e contará com a atuação de especialistas de várias áreas.

O laboratório buscará formar uma rede de colaboração entre jovens e parceiros da marca, trabalhando como uma extensão do marketing da varejista. “A Youcom existe para ser uma plataforma de expressão do lifestyle jovem, por isso faz tanto sentido trabalhar em rede em um modelo colaborativo” – explica Joice Trindade, gerente de marketing da Youcom.

“O lab vai ser composto por gente que curta e respire a Youcom. O espaço vai ser aberto para a rede de colaboração criar e construir histórias com a gente”, conta Kim Gesswein, diretor de inovação da Paim Comunicação e co-fundador do Paimlab, que cumprirá a função de coordenar o laboratório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here