Arthur Bender

0
366

O destaque dessa semana dispensa apresentações, Arthur Bender é um brilhante profissional de planejamento e comunicação que conquistou e, continua conquistando, o respeito e admiração de todos que tem o privilégio de com ele se relacionar.

 

ARTHUR BENDER

 

Num esforço de síntese, em palestras, tenho me descrito como um sujeito que vive de quatro verbos: ler, escrever, falar e aplicar. E tenho dito que esses quatro verbos me resumem como profissional.

 

E tenho dito também que devo isso a três pessoas que foram muito significativas como inspiração na minha vida. Meu pai, um estivador do porto que me alfabetizou em casa aos 4 anos de idade. Um professor de português do ensino médio, chamado Becker que me permitiu conhecer boa literatura. E por fim, o Mestre Ubirajara. Um professor de literatura portuguesa clássica da faculdade de letras francês / português que dava aulas que eram verdadeiros espetáculos de conhecimento e exemplo de gente que faz o que faz com paixão.

 

Dessas três influências, virei o que sou: um empresário apaixonado por ler e escrever e que tem dois livros publicados. Um estrategista que vive de planejar marcas de grandes organizações dos mais diferentes segmentos e que por isso se obriga a pensar em narrativas das marcas. E um palestrante que tem a privilégio de percorrer o Brasil conhecendo o que existe de mais importante para fundamentar a comunicação: gente. Gente inspirando gente.

 

E hoje me divido em tocar nossos quatro negócios. A SELLING Comunicação e Marketing fundada por mim em 2008 para atender a Rede de Lojas Quero-Quero e que hoje está entre as 10 principais agências de comunicação de Porto Alegre; a EMBRACE, fundada pelo Cláudio Goldsztein em 2002 como uma empresa de marketing de relacionamento que comprei em 2015 e que hoje opera como especialista em mercado imobiliário com clientes nacionais como a construtora TEGRA (ex-Brookfield); a BELIEVE IT! – Reputação, Narrativas e Diálogos – uma empresa especializada em reputação das marcas através do storytelling e que reúne estratégia e jornalismo e, finalmente a KEY JUMP – Inteligência, Estratégia e Branding nossa consultoria de estratégia, fundada em 2007, que originou todos os nossos negócios em torno de marcas e que hoje tem em seu portfólio clientes como WINE.COM.BR, RBS, E-BRICKES, TELEFÔNICA, MOCOFFEE (Europa), GERDAU, UNICRED, LAUREATE, SICREDI, MARCOPOLO. E hoje com parceria internacional da MIDSTAGE (Califórnia – EUA) acelerando marcas de startups do Brasil e dos Estados Unidos.

 

A KEY JUMP também planeja pessoas, e nessas últimas décadas, teve a oportunidade de planejar grandes líderes em muitas organizações e celebridades no Brasil. Grandes empresários, líderes em seus segmentos e gente famosa que foi planejada e posicionada com a colaboração dos nossos conceitos de branding e personal branding.

 

Me divido ainda na linha de frente de uma operação de palestras que hoje gera uma importante contribuição para os nossos negócios. Os temas? Aqueles que não saem da minha pauta nas empresas e da minha cabeça pela paixão que tenho por eles: estratégia, branding, comportamento, comunicação, personal branding e propósitos.

 

E as palestras geraram a necessidade de dar mais consistência aos conceitos defendidos e assim nasceram os livros. Paixão e Significada das Marcas foi publicado em 2013 e reúne todas as minhas reflexões sobre comportamentos de consumo, paradoxos sociais e o papel das marcas. Um livro que é fruto do meu aprendizado através das experiências de mais de 30 anos lidando com estratégia de marcas e observando o comportamento das pessoas. Um livro que fala da força da emoção e dos propósitos frente a uma sociedade com um sem número de paradoxos e em franca transformação pela tecnologia. Um livro que aplico diariamente nos meus negócios e nos planos de branding que construo.

 

E em setembro de 2009, lancei Personal Branding – Construindo a sua marca pessoal pela Editora Integrare. Um livro definitivo que está em sua 12 edição e que já ultrapassou a marca dos 50 mil livros vendidos e que gerou marcos que muito me orgulho. No final de 2009 com apenas alguns meses do lançamento virou best-seller e ficou em terceiro lugar entre os livros de marketing e administração no Brasil no ranking Top10. E foi a primeira vez que um brasileiro ocupou essa posição em décadas de publicação do ranking. Os dois primeiros lugares sempre ocupados pelo americano Philip Kotler. No ano seguinte ficou em 6 lugar. E daí em diante não parou mais.

 

Numa pesquisa nacional feita pelo UOL com Diretores de RH de grandes organizações no Brasil, o livro Personal Branding foi listado entre os 50 livros da década sobre carreiras, numa lista majoritariamente formada por autores internacionais. Além das centenas de citações em teses pelo Brasil e pelo mundo, onde Personal Branding passou a ser referência bibliográfica.

 

Mais do que isso. Quase dez anos depois de seu lançamento continuo a receber depoimentos emocionantes de pessoas de todas as partes do Brasil que se dizem influenciadas pelo que leram e inspiradas pelos conceitos defendidos no livro. De Universidades que aplicaram em sala de aula nas mais diferentes formações, passando por empresas como Itaú que distribuíram mais de 400 livros entre seus vice-presidentes e diretores até os consultórios de psicólogos, para seus pacientes, em relatos de diferentes Estados do Brasil.

 

E os livros geraram mais oportunidades de palestras em grandes organizações, e as palestras a oportunidade de conhecer novos conceitos na prática dos negócios, líderes e pessoas inspiradoras que levam essas organizações, e elas trouxeram experiências ímpares que se tornam mais fonte de conhecimento e aprendizado que se traduz nos conceitos que defendo em meus planejamentos, nas minhas estratégias, nos livros e nas palestras. Um ciclo sem fim, que reúne trabalho, aprendizado e prazer.

 

Por fim, me ocupo de colaborar voluntariamente com algumas organizações sem fins lucrativos que planejo marcas e que ajudo como diretor de marketing como a Fundação BIENAL do Mercosul, Fundação Iberê Camargo, Parceiros Voluntários, Agenda 2020 e Movimento Brasil Competitivo – MBC.

 

Ou seja, continuo totalmente comprometido com os desafios e as narrativas das marcas que planejo e que de certa forma são a minha própria narrativa de vida. Algo que me faz a cada dia me enxergar melhor com minhas poucas virtudes e meus muitos defeitos. Mas que também permite me sentir vivo e realizado com as pessoas com quem trabalho e com a oportunidade de conviver e aprender. E no final, é isso que realmente importa.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorLuiz Fernando Diniz
Próximo artigoBlackout

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here