Fernando Silveira

0
40

Fernando Silveira – Presidente do SINAPRO-RS

Discurso de agradecimento à Câmara de Vereadores de Porto Alegre pela homenagem ao SINAPRO-RS referente aos 40 anos da entidade, ocorrida em ato solene no dia 02/04/2018, segunda-feira, no Plenário da Câmara.

Em nome de toda a diretoria do Sindicato das Agências de Propaganda do Rio Grande do Sul, o SINAPRO-RS, agradeço à Câmara de Vereadores de Porto Alegre pela homenagem e aproveito a oportunidade para pontuar alguns momentos da entidade.

Em 1977, quando uma movimentação liderada pelo abnegado João Firme, presente nesta mesa e testemunha ocular desses 40 anos de batalhas, o SINAPRO-RS foi a primeira entidade do gênero a operar no país. A necessidade de organizar as agências de propaganda em torno de uma entidade legal atenta às questões de mercado tornou-se inquestionável a partir da regulamentação da profissão de publicitário, regida pela Lei 4.680 de 1965. Após o ato de 77, outros estados seguiram o mesmo caminho fundado seus SINAPROs e isso, mais adiante, em 1983, culminou na formação da Federação Nacional das Agências de Propaganda, a FENAPRO. Como a história conta, mais uma vez, o Rio Grande do Sul estava dando um impulso organizacional para o restante do país. Aliás, neste momento, além das justas homenagens ao colega publicitário João Firme, não podemos deixar de lembrar outros dois visionários, os publicitários Hesíodo Andrade e Daltro Franchini, que estiveram lado a lado com o João há 40 anos.

Na história do SINAPRO-RS, além de várias lutas em torno das causas envolvendo as agências de propaganda, também conta a base para a formação da ALAP – Associação Latino Americana de Propaganda, entidade responsável pela organização do Festival Mundial de Publicidade, que em todas as edições concentra os olhos da comunicação mundial para Gramado.

Atualmente, o SINAPRO-RS, levando ao ponto máximo o conceito popular sobre a “crise dos 40 anos”, a entidade trabalha na reinvenção, na transformação das agências. Não apenas as questões econômicas que vinham afetando o mercado nesses últimos anos, mas as transformações da comunicação também impactaram e impactam diretamente o nosso mercado estão em debate. Convivemos, diariamente, com os mais diversos problemas relatados pelos associados ou demais players que envolvem o nosso negócio. Atualmente, planejar, criar e operacionalizar as mídias já não são entregas suficientes. As agências estão mergulhando nos negócios dos seus clientes e vivenciando todos os espaços possíveis para dar relevância às marcas que atendem. Alguns críticos, erroneamente, ainda pensam que as dificuldades têm origem na transformação digital, um engano básico aos menos atentos ou mal intencionados. As tecnologias chanceladas simplesmente como mídias digitais trouxeram, isso sim, mais espaço e novos canais para as agências de propaganda ou, como pessoalmente costumo definir, tornaram agências ainda mais essenciais. Sim, as agências são essenciais para a comunicação organizada e efetiva de produtos ou serviços das marcas. Portanto, o papel do SINAPRO-RS está ainda mais amplo e mais intenso também junto às entidades e instituições legais, bem como junto ao CENP, à FENAPRO, à ABAP, ao CONAR, à ARP, à ABRADI e à Confederação Nacional de Comunicação Social.

Vale, neste momento, também apresentar os números atuais da entidade. Nos últimos anos atuamos em mais de 100 editais para contratação de agência, apoiando e regulando as licitações de órgãos públicos e governos, sendo que, entre 2017 e nesses primeiros meses de 2018, as maiores prefeituras do Rio Grande do Sul, com destaque à capital gaúcha e Canoas, consultaram o SINAPRO-RS para construção dos seus documentos, numa clara demonstração de confiança e respeito ao trabalho desta entidade. Além disso, atualmente contamos com praticamente 100 benefícios para os quase 80 associados que colaboram conosco e funcionamos, em nossa sede, como a casa das agências de propaganda, oferecendo assessoria jurídica e demais conteúdos relacionados à gestão.

Antes de encerrar, gostaria de agradecer os presidentes da entidade nesses 40 anos, os senhores João Firme, Hesíodo Andrade, Itamar Graven e Delmar Gentil, bem como ao Aírton Rocha, secretário-geral da ALAP e sempre colaborador do SINAPRO-RS.

A todos, meu sincero obrigado pela homenagem.

Deixo, neste momento, o abraço de todas as agências aos integrantes desta casa.

Obrigado!

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEduardo L’Hotellier
Próximo artigoJoão Firme

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here