NOTAS DA SEMANA – 08-06-2018

0
258

OTELMO DREBES, PRESIDENTE DA LEBES (EXCLUSIVO PARA COLUNA)

“A Lebes está com o seu funcionamento normalizado, com entregas para as lojas e clientes em dia. Apoiamos a greve dos caminhoneiros até o momento do atendimento das reivindicações.  Depois disso, foi prejuízo para todos os lados. Foram dias praticamente parados que são irrecuperáveis.

A paralisação refletiu diretamente nas nossas vendas. Vendemos 10% a menos do que o esperado”.

PF INFLACIONADO

Segundo um levantamento recente da Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador (ABBT), com 4.587 estabelecimentos ao redor do Brasil, almoçar fora de casa ficou mais caro, para realizar as refeições, em média, 34,34 Reais, valor 3,64% maior se comparado com o mesmo período do anto anterior, mensalmente, isso representa um gasto de 751 Reais, 80% do salário mínimo do País.

O Custo de comer fora por região do Brasil:

Centro-Oeste……….  R$ 32,87

Nordeste…………….  R$ 33,39

Norte…………………   R$ 32,77

Sudeste……………..   R$ 34,49

Sul…………………….   R$ 33,48

INFELICIDADE CONTAGIANTE

Os britânicos estão infelizes. Segundo uma pesquisa realizada pela Consultoria Personal Group, em março, apenas um em cada quatro trabalhadores do país se lembra de algo feliz que ocorreu na carreira no último mês. Tanta tristeza, como se sabe, afeta a produtividade:

54% raramente ou nunca sentem vontade de trabalhar

52% dos funcionários entre 18 e 29 anos quase nunca estão felizes

49% dos profissionais entre 30 e49 anos se sentem tristes

30% dos gerentes admitem não trabalhar com eficiência

FAÇA AMOR, TRABALHE MENOS

Uma lei aprovada em março de 2018 pela Assembleia Nacional da Coreia do Sul vai diminuir a jornada semanal de 68 para 52 horas – por dia, estima- se que os profissionais coreanos gastem quase 14 horas no escritório. A nova legislação vale para empresas com mais de 300 funcionários e entrará em vigor em julho. A gigante de eletrônicos LG, contudo, se antecipou à norma e já implementou a redução de jornada em fevereiro. Segundo a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a Coréia do Sul é o país desenvolvido com maior tempo de serviço. Por lá, ao ano, são trabalhadas 2.096 horas. Nos países desenvolvidos onde o expediente é menor, como é o exemplo de Alemanha e Dinamarca, esse número é de 1.363 horas e 1.410 horas, respectivamente. A assembleia acredita que essa diminuição impactará diretamente a taxa de natalidade do país, que é a quinta menor do mundo.

COPA DO MUNDO

O maior evento do futebol mundial começa na próxima semana, e, para o Grupo RBS, a bola já está rolando. A campanha da empresa para a Copa do Mundo foi lançada na ultima sexta-feira (1º), no Jornal do Almoço, na RBS TV.

O conceito “A gente joga junto. A gente torce junto” é um convite aos gaúchos para acompanharem a competição com a RBS. Reunidas na cobertura, as marcas entregarão conteúdos completos sobre o mundial em todas as suas plataformas: cerca de 200 profissionais estão envolvidos com o projeto, além dos 20 enviados especiais à Rússia.

Para traduzir a emoção da Copa, o filme da campanha traz cenas de jogos e da vibração da torcida enquanto a música Toda Forma de Amor, de Lulu Santos, é interpretada. Criada pela Competence, a campanha também terá desdobramentos em mídia online, impressa, spot de rádio e redes sociais com a hashtag #RBSnaRússia.

– A Copa é um dos mais importantes eventos do mundo e envolve todos nós de forma especial. Planejamos uma ampla cobertura da RBS para trazer ao público todas as emoções e informações do mundial pelo olhar do gaúcho, aprofundando temas que são do interesse da nossa gente, com as vozes e opiniões de quem gostamos e confiamos. Acreditamos que, mesmo em um evento global, o gaúcho valoriza seu ponto de vista e sua interpretação sobre os fatos, e nosso compromisso é estar sempre trazendo esses elementos para o nosso público – destaca o diretor-executivo de Marketing da RBS, Marcelo Leite.

Para os jornais, foram produzidas peças conceituais, que sustentam o slogan da campanha, e peças de serviço, que destacam a programação da RBS. Ao todo, serão mais de 50 jogos transmitidos pela RBS TV e pela Gaúcha, a única rádio do sul do país com os direitos de transmissão das partidas, e conteúdos exclusivos em Zero Hora, Diário Gaúcho, GaúchaZH e Atlântida.

 

ME.BRAND

 

Todos estão convidados para o evento ME.BRAND – “O eu como marca”, que tem como embaixadora a planner Patrícia Carneiro da Plann Hub. Será aplicada a Metodologia:“Hand on”, com exercícios de co-criação e disrupção, além de exposições orais.Será um encontro que reunirá gente que pensa em inovação e que agregará conhecimento para quem quer desenvolver a habilidade de se comunicar com as marcas e, principalmente, com pessoas. Imperdível!

Palestrantes que estarão presentes:

Patrícia Carneiro: Sócia da Plann Hub e Creator

William Weber: Empreendedor e palestrante

Estela Rocha: Google Woman Will

Bruna Veronezi: Influenciadora de conteúdo

Alexandre Assumpção: Diretor de criação Happy House Brasil

Data e hora: Sábado, 30 de junho de 2018 09:00h – 18:00h

Local do evento: CAZAMATA, Mata Bacelar 50, Auxiliadora em Porto Alegre

 

GAV

O Grupo de Atendimento de Veículos (GAVRS), em parceria com a Associação Riograndense de Propaganda (ARP), trará o presidente do G5, João Satt, e o conselheiro do Canal Rural Donário Lopes de Almeida para o evento “A disrupção no agro – A inspiração nas tecnologias e inovações do Vale do Silício e seus impactos no agronegócio”. O debate será realizado em 19 de junho, terça-feira, a partir das 19h, no auditório da IMED Porto Alegre (Rua Dona Laura, 1020 – Rio Branco).

O ingresso custa R$ 30,00 e pode ser adquirido pelo site https://www.sympla.com.br/a-disrupcao-no-agro__298377. Associados da ARP ganham 50% de desconto e concorrem a 10 cortesias. Mais informações pelo e-mail gavrs@gav-rs.com.br ou contato.gav@gmail.com.

João Satt

Fundador e CEO do G5, é diretor de Estratégia Competitiva da SunBrand. Publicitário, com especialização em marketing, atua como  professor e palestrante. É um dos profissionais mais premiados do Sul do País em festivais nacionais e internacionais. Foi Diretor de Planejamento do Ano em 2002, 2003 e 2004; Publicitário do Ano em 1998 pelo Salão da Propaganda. Em 2007, recebeu o Prêmio Colunistas de Propaganda e 2012 destaque empresarial IBEF.

Donário Lopes de Almeida

Engenheiro agrônomo e jornalista, com MBA em gestão e cursos executivos em reconhecidas escolas como Harvard/EUA, Universidade de Wisconsin/EUA, Universidade de Toronto/Canada e, recentemente, na Singularity University, no Vale do Silício/EUA. Atuou por 14 anos no setor de genética bovina em cargos de direção na canadense Alta Genetics e na americana ABS Genus, tendo sido presidente da ASBIA – Associação Brasileira de Inseminação Artificial por duas gestões. Entre 2006 e 2017, foi presidente do Canal Rural, no qual hoje atua hoje como Conselheiro.  Na ABMRA – Associação Brasileira de Marketing Rural & Agronegócio, foi diretor de comunicação por várias gestões, sendo membro de seu Conselho Consultivo. Atua, ainda, na produção de arroz, soja e pecuária de corte no município de Arambaré, RS. Na liderança do Canal Rural, foi responsável pela expansão nacional e ampliação de um canal de televisão por assinatura para uma plataforma de comunicação destinada ao Agronegócio Brasileiro que inclui: internet e mobile, mídias sociais, eventos e iniciativas transacionais. Um entusiasta do agronegócio e da tecnologia, vem direcionando seu foco no entendimento e debate sobre as oportunidades de digitalização da agropecuária, a Agricultura 4.0.

ALRIGHT SUMMIT 2018

O evento da Alright Media Technology Hub aconteceu nessa quinta-feira (7) e trouxe para os profissionais do mercado gaúcho o conhecimento e as experiências de pessoas que vivem a batalha da inovação digital todos os dias em suas empresas.

Pyr Marcondes e Luciana Burger foram chamados para o painel de abertura e falaram sobre as dificuldades hoje em dia que temos com a otimização de campanhas online e relacionando o BrandSafety às novas tendências para as mídias digitais que estão aparecendo e aparecerão mais ainda nos próximos anos.

No segundo painel, o assunto principal foi mídia programática que hoje é tão mistificada pelos publicitários, mas que não é tão difícil de ser compreendida e aplicada nos planejamentos de mídias das agências.

Sabemos que o ambiente digital não é tão seguro, mas as ruas do Brasil também não são. O que que você faz? Se prepara e se protege das ameaças para se sentir seguro… E foi mais ou menos isso o que os palestrantes tentaram deixar claro nesse painel: A questão da segurança na veiculação de mídia online.

César Paz foi convidado do terceiro painel que debateu sobre BrandSafety em BrandContent e foi uma verdadeira aula de como se produz conteúdo com segurança para não acabar fragilizando a imagem da marca.

Logo após tivemos um painel sobre influenciadores, que trouxe ideias para trabalhar com digital influencers com segurança e fazer com que a relação marca-influencer seja a mais autêntica possível para não ter problemas depois. Nesse caso, os palestrantes trouxeram alguns exemplos para ilustrar esses “problemas”. Como foi o caso da influenciadora Kéfera Buchmann, que de uma garota normal virou praticamente uma celebridade e acabou perdendo a proximidade com a sua audiência.

Para finalizar com chave de ouro, a ilustre presença de André Torreta no Alright Summit foi um sucesso. O ex-sócio da Cambridge Analytica falou como foi trabalhar com Big Data para gigantes do vale do silício e disse que a questão de segurança de dados é um ponto crucial nesse jogo que estamos jogando.

SBT RS

O SBT marcou excelentes índices e apresentou o melhor mês de maio desde 2008. Na média das 24 horas, das 6h às 30h, o SBT é vice-líder pelo 11º mês seguido. A emissora obteve a maior média dos últimos 113 meses, desde dezembro de 2008. Em maio teve um crescimento de 14% e marcou 4,6 pontos, contra 3,9 da terceira colocada e 15,8 da primeira.

No período matutino, no ar das 6h às 12h, a emissora cresceu 14%, comparando ao mês de abril, e conquistou a vice-liderança pelo 18º mês consecutivo. Marcou 4,1 pontos, contra 3,1 da terceira colocada e 9,0 da primeira. No período da tarde, o SBT cresceu 15% comparando com o mês anterior. Foi a maior média desde agosto de 2008. Em maio, cravou 6,0 pontos, contra 5,7 da terceira colocada e 16,6 da primeira.

Já na faixa noturna, o SBT manteve a vice-liderança pelo 11º mês consecutivo. Cresceu 11% em relação ao mês anterior, atingindo a maior média desde agosto de 2016. Em maio, marcou 5,9 pontos, contra 5,5 da terceira colocada e 31,2 da primeira.

A emissora permanece na vice-liderança na faixa horária da madrugada, das 24h às 30h. Nesta faixa, o SBT cresceu 17% em relação à abril de 2018. No mês de maio, obteve 2,6 pontos, contra 1,4 da terceira colocada e 6,3 da primeira colocada. Foi sua maior média desde agosto de 2013. Vale lembrar que, em maio de 2018, a emissora atingiu 3,2 milhões de telespectadores.

Na programação local, os destaques do mês foram:

– Anonymus Gourmet conquistou a vice-liderança isolada com 6,6 pontos, contra 4,0 da terceira colocada e 21,9 da primeira. O programa obteve um crescimento de 19% comparado ao mês de abril. O Anonymus alcançou 618 mil telespectadores neste mês.

– O Masbah! registrou a maior audiência desde a sua estreia. Manteve a vice-liderança com 6,7 pontos, contra 1,8 da terceira colocada e 24,4 da primeira. O programa atingiu, em maio, 665 mil telespectadores.

– SBT Rio Grande 2ª edição alcançou 865 mil de telespectadores no mês de maio e obteve 4,1 pontos de audiência.

– Já o SBT Rio Grande deu um banho na concorrência e obteve um crescimento de 12%, marcando 6,5 pontos, contra 5,1 da terceira colocada e 17,7 da primeira. O jornal alcançou 1,5 milhão telespectadores em maio.

– O SBT Esporte cresceu 15% no mês de maio e cravou 5,8 pontos de audiência.

FEEVALE

A Universidade Feevale realizará a comemoração de aniversário da Instituição e cerimônia de posse da Gestão 2018/2021, no dia 28 de junho, às 19h, no Teatro Feevale. Desejamos todo o sucesso aos novos gestores.

RECONHECIMENTO/RBS

Entre concorrentes de todo o mundo, duas iniciativas do Grupo RBS foram reconhecidas na 83ª edição do INMA Global Media Award: a empresa recebeu os prêmios de Melhor Projeto na América Latina e Melhor Relações Públicas ou Campanha de Serviço Comunitário, com o aplicativo Pelas Ruas, e Melhor Solução de Marketing para Anunciante, com o projeto de mídia para as Lojas Lebes. O anúncio ocorreu na noite dessa segunda-feira (4), durante cerimônia em Washington (EUA). Desde 1935, a International News Media Association (INMA) promove uma premiação com o objetivo de destacar as principais iniciativas de comunicação capazes de aumentar receita e audiência e inovar com o desenvolvimento de novos produtos.

– Estamos muito felizes com o reconhecimento. O aplicativo Pelas Ruas é uma bela ação colaborativa com os gaúchos, em que buscamos levantar os problemas e achar soluções para o dia a dia – destaca a vice-presidente de Produto e Operações do Grupo RBS, Andiara Petterle.

Resultado de uma parceria entre marcas do Grupo RBS, o aplicativo Pelas Ruas é uma ferramenta que auxilia a população a compartilhar e discutir problemas hiperlocais. Com um smartphone ou tablet em mãos, os usuários podem apontar as falhas da Grande Porto Alegre e de algumas cidades do litoral norte gaúcho em um mapa colaborativo, bem como informar se os problemas postados já foram solucionados. Dessa forma, buracos de rua, fios e energia elétrica, problemas de esgoto e outras demandas das regiões podem se tornar reportagens de GaúchaZH, Zero Hora, Rádio Gaúcha e RBS TV.

Já o case Lebes trata-se de um projeto comercial realizado pelos times de Field Marketing, Mercado e Produto da RBS, em parceria com a agência Matriz e o cliente para o lançamento da nova Lebes Life Store. Para a inauguração do prédio no centro de Porto Alegre, foi utilizada a solução integrada no modelo de risco compartilhado. A oferta contou com entrega de anúncios, ações com a presença de comunicadores, spots e comerciais nas mídias da RBS sobre a loja recém-aberta. Em apenas uma semana de funcionamento, o projeto atingiu a meta de vendas do mês e superou todas as previsões históricas do anunciante. A iniciativa exemplifica o novo modelo de negócio do Grupo RBS, implementado no início de 2017. Inspirada nas mudanças do consumo de mídia e nos desafios de negócio de cada cliente, a estratégia visa oferecer soluções criativas e integradas que engajem o público para alcançar os resultados esperados.

– O case com a Lebes mostra a força das mídias do Grupo RBS e a coragem de um anunciante em apostar no nosso formato. É um projeto diferenciado, aliando o que há de mais moderno em termos de estratégias integradas de mídia. Usamos tudo o que existe de disponível no mercado (influenciadores, display, rádio, TV, jornal etc.), em uma lógica 360º – aponta o vice-presidente de Mercado, Marcelo Pacheco.

Neste ano, outros dois projetos da RBS destacaram-se entre os finalistas: a plataforma GaúchaZH ficou entre as melhores ideias para aumentar a leitura e o engajamento digital e o Donna Beauty Pompeia foi reconhecido como um dos melhores novos conceitos para criar centros de lucro.

Em 2017, o Grupo RBS também esteve entre os vencedores INMA Global Media Awards com o prêmio de Melhor Uso de Redes Sociais e destaque da América Latina, no INMA Global Media Awards. Em 2016, os prêmios conquistados foram Melhor Conteúdo Pago ou Iniciativa para Novas Assinaturas, com ZH Tablet, e Melhor Ideia para Aumentar as Vendas de Publicidade, com a multiplataforma gastronômica Destemperados.

FALA INTERNACIONAL

A indústria de mídia tem se transformado de maneira constante, e um dos principais fóruns mundiais para debater e repensar o setor começou nesta quarta-feira (6): o World News Media Congress, da Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias (WAN-IFRA). CEOs, publishers, editores e executivos de empresas de comunicação de todo o mundo estarão reunidos em Estoril, em Portugal, até hoje (sexta-feira /8). E uma das atrações apresentadas nesta 70ª edição foi o case de transformação do Grupo RBS e o GaúchaZH.

A vice-presidente de Produto e Operações, Andiara Petterle, falou sobre a estratégia da empresa para crescer em um mundo cada vez mais digital. Ao analisar a transformação da RBS, a executiva vai comparar hipóteses do início do processo com o que foi executado, três anos depois.

– O evento congrega grupos de mídia do mundo todo, trocando experiências do que está dando certo e as transformações digitais. Ficamos felizes de mais uma vez podermos dividir o que estamos fazendo para os gaúchos – aponta Andiara.

Engajar o público em experiências que vão além do conteúdo também tem sido uma das apostas para o crescimento da RBS. Por isso, Andiara trará exemplos de sucesso como o Gaúcha Sports Bar, a Casa Destemperados e o Donna Beauty Pompéia.

– Temos grandes cases de geração de valor para as marcas locais que servem de exemplos a serem replicados em outros lugares do mundo – conclui.

Andiara foi uma das conferencistas no painel “O Local Reinventado”. A proposta do debate, que aconteceu na quinta-feira (7), foi mostrar como empresas de comunicação locais e regionais estão trabalhando para responder melhor às necessidades das audiências digitais.

Sobre a WAN – A Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias (World Association of Newspapers and News Publishers (WAN-IFRA) representa mais de 18 mil publicações, 15 mil sites e mais de 3 mil empresas de comunicação em 120 países. Tem sedes na França e na Alemanha e filiais em Cingapura e Índia. Entre 1996 e 1998, foi presidida pelo presidente emérito do Grupo RBS, Jayme Sirotsky.

PARCERIA

Melnick, Even e Tornak criam empresa e lançam a primeira rede de malls de bairro do sul do país. Parceria nasce com 16 empreendimentos.

Projeto Spot Living Mall inicia com 28.000 m² de área para locação. São 120 lojas com VGV de R$ 256 milhões, da construtora Melnick Even, líder em alto padrão no RS, nos melhores bairros de Poa e Canoas. A projeção é de que novos empreendimentos sejam anunciados até o final do ano.

A SPOT vai criar um padrão para os inúmeros empreendimentos hoje existentes.  Desde a definição do mix de cada um, comunicação e atividades de MKT,ancoradas através de uma única marca estratégica. Buscando sempre o melhor em termos de serviço, conveniência e necessidades dos consumidores, nas micro regiões onde vivem e trabalham.

A prospecção das lojas será potencializada pela SPOT, mas segue tendo as principais imobiliárias como parceiras estratégicas dos empreendimentos.

O objetivo é tornar a marca Spot Living Mall referência do setor mixed use no estado. Contando com a credibilidade e expertise das duas empresas.

A liderança comercial será de Renato Machado, ex Zaffari e Bourbon.

 

A migração do modelo go shopping para o modelo are shopping, ou seja, os serviços no mundo inteiro estão se aproximando das pessoas através dos pequenos centros comerciais. Essa tendência internacional agora está sendo implementada noRS, de forma pioneira.

O projeto inéditoinicia com 16 empreendimentos, espalhados pelos melhores bairros de Porto Alegre e Canoas, com o Max Plaza, envolvendo o HUB da Saúde, projeto entre Melnick Even e Hospital Moinhos de Vento.

Para Leandro Melnick, presidente da Melnick Even“A empresa junto com a Tornak, mais uma vez está de forma inédita, trazendo uma novidade para o mercado imobiliário gaúcho. Uma parceira concebendo a primeira rede de malls de bairro da cidade, uma parceira muito interessante e inovadora, que para os nossos clientes vai aumentar a convergência de atividades de serviços nos empreendimentos”.

O público saberá o que encontrar quando enxergar um Spot pela cidade.

Todos os integrantes do processo serão beneficiados pela capilaridade,desde o investidor,o locatário e  principalmente  a comunidade do entorno dos empreendimentos.

Segundo Fernando Tornaim, diretor da Tornak “as lojas existentes nos principais empreendimentosserão transformadas em uma única rede de Malls de bairro e terão um único conceito mix e comunicação, passando a terem protagonismo nos empreendimentos da Melnick Even”.

Sobre a Tornak: 

A Tornak é uma Holding de Participações e Investimentos, atuando nos segmentos imobiliário, digital, comunicação e marketing, arenas e varejo.  A empresa tem ênfase no desenvolvimento de novos negócios e geração de upside a negócios existentes. Dentre seus cases mais relevantes a empresa é um dos empreendedores do Viva Open Mall, uma das gestoras do Espaço Unisinos, sociedades com o Grupo RBS no Gaúcha Sports Bar, Donna Beauty Pompéia e ATL House, tendo a gestão de patrocínios e publicidades (de forma exclusiva) dos estádios Beira-Rio e Arena e também dos Campi PUC e Unisinos.

SPR

“Dia dos Namorados: mostre seu amor em cada gesto”. Essa é a inspiração e o conceito da campanha “Gestos de Amor” que a SPR criou para marcar a data dos apaixonados na rede de Farmácias Associadas, uma das marcas mais importantes do varejo farmacêutico no Brasil.

Ao invés de focar nas paixões arrebatadoras, linha que as campanhas para essa data costumam seguir, a SPR preferiu descommoditizar e criou representações do amor em pequenos gestos que pontuam a vida cotidiana dos casais. Na campanha da Farmácias Associadas, situações corriqueiras e prosaicas, como cozinhar e dormir juntos, podem ser mostras de amor, cuidado e carinho nos relacionamentos.

Toda a campanha é focada no meio digital. “O cliente queria uma ação nas plataformas digitais, com desdobramento em PDV, para reforçar a marca nesta importante data para o varejo. Nosso desafio, enquanto agência, foi criar uma campanha criativa e fora do comum abrangendo um público amplo e com verba reduzida”, pontua Juliano Brenner Hennemann, diretor executivo da SPR.

Peças como GIFs para Facebook e Instagram, Stories para Instagram, cartão e cartaz ilustram a ação nas redes sociais e nos pontos de vendas da Farmácias Associadas.

FOCO AMANHÃ! EVENTO

Promovido pelo Share, mais uma edição do Creative Task, que visa inspirar por meio da experiência de profissionais da criação publicitária, será realizada no próximo sábado, 9 de junho, das 8h30min às 17h30min, na ESPM- Sul (Rua Guilherme Schell, 268 – Santo Antônio). O diretor nacional de conteúdo e engajamento na Artplan, Luiz Telles; o diretor de criação WMcCann, Alê Prado; o cofundador do estúdio carma, Ramon Brod Ballverdú; a CEO do Colletivo, Vanessa Queiroz; o presidente do Clube de Criação do Paraná, Bruno Regalo; o CEO da Squid, Felipe Oliva; e a gerente de soluções de vídeo do Twitter para a América Latina, Renata Altemari, serão os palestrantes.

Os valores variam de R$ 120,00 a R$ 170,00. Associados da ARP têm 10% de desconto (cupom: ARP10) e concorrem a 03 cortesias. Inscrições pelo site http://tudodeshare.com.br/eventos/creative-task. Mais informações pelo telefone (51) 99377-1259 ou email atendimento@tudodeshare.com.br.

ESCALA CONTRATANDO

No núcleo criativo, liderado pelo diretor criativo Gustavo Lacerda, entram Pedro Fernandes (ex-W3Haus, Trip e Grupo RBS) como Head de Conteúdo, que há oito anos cria e planeja conteúdo para clientes como Levis, Rider, O Boticário, Itaú, P&G, Melitta e Mondelez International; André Mosquito (ex-Morya, JWT, DCS e Gad’), como Head of Art, que tem 19 anos de experiência e conquistou prêmios como Clio Awards, The One Show, El Ojo, Wave Festival, Profissionais do Ano da Rede Globo e ainda dois shortlists em Cannes; Barbara Jaeger (ex-Transa) como redatora de conteúdo, que já atendeu clientes como Dakota, BarraShoppingSul, Jorge Bischoff, Fruki Guaraná e Melissa; e Felipe Bergallo (ex-Morya e Noize) que conquistou o Grand Prix de Filme no Festival de Publicidade de Gramado no ano passado.

Também passam a integrar a equipe de criação: Guto Bergamo (ex-Matriz), que já atendeu contas como Red Bull, Warner Games e Zaffari, e Desirée Oliveira, que teve como clientes Ambev, Uber, Italínea, Grendha e Aurora, ambos como diretor de arte; e Vanessa Bernardino, como assistente de arte, que retorna à Escala e tem no portfólio trabalhos para Massey Ferguson, Previsul, Dumond, Capodarte, Pompéia e AMC.

“Estamos trazendo para a Escala pessoas que pensam de uma maneira contemporânea e buscam sempre colocar na rua trabalhos altamente integrados, criativos e relevantes. Essa é a nossa identidade criativa. E essa turma chega para construir isso junto com a gente”, destaca o diretor criativo Gustavo Lacerda.

Já em Conexões, área coordenada pelo diretor Rodrigo Sanvicente, passam a integrar a equipe Thais Rosa como executiva de Conexões, que tem passagens pela OXi, Dez e Selling, atuando com clientes como John Deere, John Deere Contruction, Massey Ferguson, Yara Brasil, Kepler Weber, Feevale, Fiat, UniRitter, Fadergs e IBMR; e Augusto Buske, como executivo de Conexões júnior, que passou pela Global coordenando os processos e planejando mídia para General Motors Vendas e Pós-Vendas, Valduga, Sebrae e Sindilojas, além de ter trabalhado com criação e webdesign.

“Estamos adicionando mais dois profissionais no nosso time para crescer junto com a Escala e atender os desafios de comunicação dos nossos clientes”, ressalta o diretor de Conexões, Rodrigo Sanvicente.

Com atuação nacional e sedes em Brasília e Porto Alegre, com mais essas contratações, a Escala reforça a sua trajetória e liderança consolidada nos últimos 45 anos. Tem como sócios Fernando Picoral, Miguel de Luca e Paulo Melo e direção-geral de João Miragem. Com uma equipe de 110 profissionais, atende 24 clientes nas áreas de moda, esporte, moveleiro, saúde, ensino, varejo, agronegócio e bens e serviços.

FIDELIDADE

Saiu uma lista das agências e anunciantes que são campeões de fidelidade por suas relações duradouras. Como um bom gaúcho, iremos destacar as que fazem parte da história da propaganda no Rio Grande do Sul:

MAIS DE 40 ANOS:

Gerdau e Olgivy – Desde 1969

MAIS DE 20 ANOS:

Paquetá Calçados e Competence – Desde 1991

Panvel e Competence – Desde 1991

Lojas Colombo e Escala – Desde 1994

Unisinos e Escala – Desde 1998

OGILVY

Não foi só o logo da agência fundada por David Ogilvy que mudou.

Os pilares da agência também tiveram uma mudança, são elas:

1 – Novo desenho organizacional:  a transformação de uma holding composta de diversas marcas em um grupo de uma única marca com 12 crafts e seis capabilities junto com um novo sistema operacional.

Crafts: Creative, Strategy, Delivery, Client Service, Data, Finance, Technology, Talent, Business Development, Marketing and Communications, Administrative e Production.
Capibilities: Brand Strategy, Advertising, Customer Engagement and Commerce, PR and Influence, Digital Transformation e Partnerships.

2 – Consultoria: com a Ogilvy Consulting, a empresa consolida o da OgilvyRED. O departamento de consultoria trabalha horizontalmente (na próxima nota vamos falar um pouco mais sobre gestão horizontal) com todo o Grupo e é focado nas áreas de Digital Transformation, Growth, Business Design e Innovation.

3 – Identidade de marca e design novos: um redesign da companhia, que inclui visual e site novos.

4 – Novo modelo de parcerias: com o objetivo de liderar e gerenciar um modelo de rede de negócios integrado, a agência estabelece uma estrutura global de parcerias.

5 – Nova plataforma digital global: a criação de uma ferramenta de compartilhamento de conhecimento, de desenvolvimento profissional e de integração customizada de comunidades virtuais chamada Connect para treinar os colaboradores e reunir as equipes certas para melhor os clientes.

“Nossa criatividade é a base da rede Ogilvy em todo o mundo e nossa maior vantagem competitiva”, diz Tham Khai Meng, Chief Creative Officer global do Grupo Ogilvy. “Estamos construindo sobre o legado criativo de David Ogilvy para fomentar o nosso futuro.”

GESTÃO HORIZONTAL

Por ser um método organizacional, a gestão horizontal tem seu princípio básico em uma estrutura sem valorização de relações de poder. Assim como o nome mostra, contrapõe a gestão vertical (derivada da hierarquia) como uma forma mais participativa, em que as decisões são tomadas em conjunto e, portanto, tem a responsabilidade dividida entre os membros do time.

Por isso, não é incomum que os profissionais sejam incentivados a se posicionar e expressar sua opinião. Da mesma forma com que acontece com a responsabilidade, também ganham mais autonomia sobre seu trabalho.

Basicamente, esse modelo de gestão se apoia na ideia de que os trabalhadores são mais produtivos quando são envolvidos nos processos de decisão do que quando são supervisionados por uma cadeia de chefes.

Não existe só um jeito de implantar essa estrutura. Na realidade, as empresas podem adotar diferentes níveis de horizontalidade, dependendo do quanto eliminam da hierarquia.

Entre as empresas globais, o Google foi um dos responsáveis por popularizá-lo, embora não tenha abandonado completamente a hierarquia. Outra gigante que o adota (também parcialmente) é a Netflix.

CONCORRÊNCIA BB

Contando com uma verba de R$ 500 milhões, o contrato será anual e poderá ser renovado por cinco anos. O novo processo conta com outras modificações: pelo fato de ter vazado informações na concorrência anterior que acabou por ser suspensa, sendo assim uma auditoria externa acompanhará todas as etapas da licitação. Esta empresa ainda não foi definida. Além disso, o edital prevê um faturamento mínimo de R$ 12,5 milhões para que uma agência seja habilitada a participar do processo.

A conta do Banco do Brasil atualmente é atendida pela Giacometti, Lew’Lara\TBWA e Master.

CAOS

De um trecho retirado do Meio & Mensagem onde Pyr Marcondes, Diretor-geral do M&M Consulting, em seu blog, explica de uma maneira sarcástica o que é Índice de Volatilidade das Marcas no Mundo Líquido Digital:

Indicador de Caos – O mundo hoje, como bem sabemos – mas o marketing e as agências fazem questão de esquecer renitentemente – é um caos. Os mercados são caóticos ambientes de oferta e procura regidos, como todo caos, sem ordem aparente. O antigo fundamento de administrar marcas e campanhas a partir de modelos, padrões e personas não resiste mais à um único post numa rede social. Que dirá aos trilhões de posts diários nas redes sociais. O caos é a nova ordem. Põe aí na planilha.

Indicador de Fugacidade – A velocidade do mundo acelerou de tal forma que hoje escapa a nossa tão humana e tão limitada capacidade de acompanhar esse novo ritmo, um ritmo que só máquinas podem e poderão acompanhar. Overload. Nada mais é permanente, tudo é fugaz. Sua marca está nesse bolo. Suas campanhas idem. Todas as suas ações mercadológicas também. Então, ora, se o mundo é fugaz, você e suas estratégias têm que ser também. Esqueça planejamento e construa marcas a partir do momento. Esse passa a ser a unidade padrão para as suas práticas e suas dinâmicas de mensuração. O tempo é um só: o tempo presente. Real time.

Indicador de Volatilidade – Como o estudo do Havas muito bem quantificou, o consumidor hoje é vil. Não está nem aí para você. É fugaz, volátil e líquido. Seu centro é seu self. Si mesmo. Se não entendermos isso, ele não vai nos entender e perderemos contato para sempre. Incorpore volatilidade a sua lógica de negócios. Nunca mais, daqui para a frente, a ignore.

Indicador de Digitalidade – A culpa de tudo isso é do digital. Foi ele que criou esse caos e será ele que continuará tirando seu sono eternamente, daqui para a frente. Foram as tecnologias digitais que destruíram as tradições e os modelos previamente concebidos, anabolizaram a fugacidade e a volatilidade. E será ela que viabilizará a exponencialidade (como veremos a seguir). Medir seu impacto na vida das pessoas e de seu consumidor é, portanto, tarefa não mais estratégica, mas essencial e permanente.

Indicador de Exponencialidade – Esse você já deve ter ouvido falar e é basicão: todos os indicadores aí acima passarão a ser regidos por uma nova ordem de grandeza, a grandeza exponencial. O diagrama aí abaixo simplifica muito o entendimento. Antes, evoluíamos numa lógica historicamente linear. Vamos saltar para o exponencial em função dos novos fundamentos e avanços da tecnologia. Estamos exatamente no ponto em que a linha do exponencial se descola do linear. Veja no gráfico. Se tudo vai ser assim, só tem um jeito: você e suas atividades profissionais terão que ser assim também.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here