Mario Petek-24-08-2018

0
209

DESTAQUE
O destaque dessa semana é um cara que se criou no mercado de comunicação ocupando cargos importantes em todos os lugares que passou tanto em veículos, como responsável pela comunicação em autarquias e assembleia. Com a sua empresa foi um dos pioneiros em jornal de Bairros e agora é dono do seu poderio e atua muito mais como consultor e assessoria, mas sempre de forma intensa. Ele é Mario Petek.

Coluna do Nenê

“Quando o Nenê me convidou para falar da minha carreira profissional perguntei a ele se entendia que eu realmente tinha o que para falar, pois sempre fui low profile na minha vida. Minha atuação sempre foi por trás das câmeras. Ele me respondeu que com certeza eu teria muitas coisas para contar. Isto fez com que eu me obrigasse a fazer algo que nunca tinha feito: recordar desde o início minha vida profissional e por consequência ativar a memória lembrando de muitas histórias e de colegas que convivi e me ajudaram a construir esta trajetória.

Já trabalhava durante o dia e cursava administração na Unisinos à noite, quando li um anúncio no jornal de recrutamento de pessoas, para a inauguração da TV Guaiba. Sempre fui fascinado por televisão. Lá fui eu para a seleção e para minha alegria, aceito como editor de TV. Era o final do ano de 1978. A partir dali, comecei a construir uma trajetória que me levou ao cargo de diretor geral da Rede Bandeirantes no Rio Grande do Sul.

Na TV Guaíba conheci grandes profissionais do mercado na época, até que chegou a falência e fui trabalhar na sucursal da produtora de vídeo da TV Barriga Verde, de Santa Catarina, que tinha se instalado em Porto Alegre. Um tempo depois fui convidado por um ex-companheiro de TV Guaíba, o querido Hélinho Quesada, e pelo saudoso Renato Sirotsky, que se tornaria meu grande amigo, para trabalhar na RBS Vídeo. Na época era uma locadora de equipamentos, mas que nosso trabalho levou a ser uma das três maiores produtoras de vídeo do país.

Fomos pioneiros em muitas coisas, como a computação gráfica, tocada pelo Nilton Wainer, tecnologia que somente a Globo tinha na época. Ali surgiram diretores de comerciais como Jorge Furtado e Zé Pedro Goulart, fotógrafos como Sérgio Amon, Alex Sernambi, que mais tarde seriam reconhecidos nacionalmente, e tantos outros que tiveram sua formação naquela verdadeira escola de produção.

Fizemos trabalhos para toda América do sul e para grandes agências, com a conquista de diversos prêmios. Oito anos depois, saí da RBS e montei uma empresa de produção. Foi quando o Fernando Miranda, diretor da RBS TV, me chamou para fazer a campanha dos 25 anos da emissora. Naquele momento queríamos fazer uma ação de impacto emocional e fui buscar o gaúcho Paulo José, que já dirigia trabalhos conosco na RBS Vídeo, para ser a voz dos comerciais da campanha. A campanha ficou linda e teve grande repercussão.

Com a minha empresa de produção trabalhei durante alguns anos com produção de comerciais e vídeos corporativos. Foi quando surgiu a possibilidade de trabalhar na Rede Bandeirantes e assumi a gerência de marketing, convidado pelo Bira Valdez. Ali trabalhamos 10 anos e transformamos a Rede Bandeirantes no estado. Construímos uma marca e montamos uma das melhores equipes de jornalismo e esporte na rádio e na TV.

Levamos a rádio Ipanema a ser conhecida nacionalmente, sendo a segunda rádio no brasil a ser ouvida pela internet. Fizemos inúmeros projetos de sucesso, como vestibular, Expointer, Cidadão Legal e tantos outros. Fomos a primeira empresa de comunicação a unir uma rádio AM a uma FM por meio da campanha Casamento do Ano, que divulgou a junção da Band AM com a Band FM. Foi um grande sucesso, com direito a prêmio. Depois de um tempo assumi a Diretoria Comercial da rede e, por fim, a Direção Geral.

Saindo da Rede Bandeirantes, retomei minha empresa e criei o Jornal Via Norte, um jornal de bairro que está completando 14 anos de atividade. Também produzi e apresentei durante oito anos o programa de TV Momento do Varejo, no canal 20 da net.

Como puderam perceber pela breve narrativa, a minha vida sempre esteve em movimento. Sou do signo de gêmeos, e mais uma vez ela mudou. Minha filha Mariana, publicitária, há cinco anos me procurou com uma ideia.

Ela, que já tinha feito seu trabalho de conclusão na faculdade sobre internet, conversou comigo sobre a possibilidade de sair da agência em que trabalhava por entender que o futuro estava no meio digital e queria se preparar para isto. Como sempre fui incentivador das novas ideias, me acostumei no convívio com a galera da Ipanema e, de pronto disse: “Tá fechado!”

Tínhamos espaço na minha empresa para começar um novo negócio, e assim surgiu a PlinDigital estratégias online. É nesta empresa que estamos colocando todo o nosso esforço e trabalhando para atender o mercado, que vem passando por uma grande transformação e nos ensina todos os dias. A velocidade das novas tecnologias é um desafio constante para nos manter atualizados. Os últimos anos foram de muito estudo, dedicação e aprendizado para entender este complexo mundo digital.

Hoje a PlinDigital dá consultoria de comunicação estratégica digital, assim como opera para clientes seus canais na web. Utilizamos inúmeras ferramentas para atingir os objetivos do cliente, assim como o desenvolvimento de tecnologias para aplicação na gestão do seu negócio.

Bem, esta foi a minha história.

Olhando para trás entendo que muitas coisas foram construídas e realizadas no mercado, com dedicação e a ajuda de muitos colegas de trabalho, que não poderei nominar pelo risco de deixar alguém de fora.

Agradeço ao Nenê, este guerreiro e exemplo de homem de comunicação para o nosso mercado, pela oportunidade de contar um pouco da minha trajetória e figurar neste espaço nobre da coluna.”

Grande abraço a todos.

 

 

 

 

 

 

 

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNOTAS DA SEMANA-24-08-2018
Próximo artigoDECIDIDO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here