NOTAS DA SEMANA-24-08-2018

0
238

FERNANDO RÖHSIG/VALE DO SILÍCIO

Apresentamos pela primeira vez na mídia gaúcha uma cobertura completa de um profissional no Vale do Silício. Um amplo material minucioso com vídeos e gráficos. Foi uma cobertura internacional magnífica apresentada em forma de matéria ESPECIAL.

IGUATEMI

Com a saída de Marcia Ferla da gerência de marketing o Shopping Center Iguatemi Porto Alegre buscou a, também experiente e competente profissional do mercado, Andrea Quintana.

EDITORA ABRIL

Dentro da reestruturação das regionais do grupo a Plano absorveu todo o mercado gaúcho. Com isso, a Print Sul não é mais representante e responsável pelos especiais.

FENSA

Desde que assumiu a operação da Coca Cola nos estados do Sul a empresa mexicana que comprou a Vonpar da família Vontobel deixou de lado o mercado e tirou o pé nos investimentos. É impressionante o descaso com o consumidor gaúcho, e o produto que era um orgulho nosso é hoje uma fábrica de tubaína.

JANELA ARP

De que forma a economia criativa pode transformar cidades? É a partir deste questionamento que a Associação Riograndense de Propaganda (ARP) realiza o Janela ARP, no dia 29 de agosto, às 19h30min. A ação visa promover um debate aberto entre as expectativas das pessoas e a visão do poder público sobre como a comunicação pode ajudar Porto Alegre a crescer.

Para isso, o evento terá um bate-papo entre o empreendedor Cesar Paz, um dos líderes do coletivo Porto Alegre Inquieta — movimento orgânico que, de forma colaborativa, busca alavancar o ecossistema criativo da cidade —, e o secretário de Comunicação da Prefeitura de Porto Alegre, Orestes de Andrade Júnior. Eles falarão sobre as expressões da economia criativa na capital gaúcha e como projetos inovadores podem melhorar a vida dos porto-alegrenses.

Associados da entidade têm entrada gratuita.  Informações: arp@arpnet.com.br

Telefone 3233-3354.

GAV

No próximo dia 25 de setembro, o Grupo de Atendimento de Veículos-GAV promove o evento com Paulo Queiroz no auditório da ARP.

“ Mídia: Uma visão positiva e contemporânea sobre a mídia Brasileira com perspectiva global.”

O mercado de mídia a exemplo de muitos outros está passando por transformações profundas e rápidas. Vamos discutir como estas transformações estão ocorrendo, como elas estão afetando os negócios de mídia? Como as empresas de mídia podem adotar estratégias de crescimento sustentável no cenário de mudança?”

Paulo César Queiroz atuou em uma das mais bem-sucedidas histórias da propaganda brasileira ao longo de seus 26 anos na agência DM9DDB e consequentemente, no Grupo ABC. Paulo Queiroz é sócio fundador do movimento Todos pela Educação. Abriu a PQ consultoria em maio de 2018. Maiores informações com Grupo de atendimento de veículos e ARP.

IMOBI

Duas notas importantes:

1) Plano Verão: Estamos lançando no mercado nosso Plano Verão. O projeto está super completo e possui um mix de 04 produtos: painéis Front Light, Sequencial na Estrada do Mar, Plug nos principais restaurantes do litoral, Passarelas de Beira de praia e Moving Mídia.

2) Contratação de um novo atendimento para o Mercado de São Paulo: Toninho.

Toninho é uma figura extremamente conhecida e querida do mercado de São Paulo, foi mídia de grandes agências por mais de 10 anos e recentemente estava em um outro grande veículo atendendo o mercado de SP (Estava na Iper, que recentemente fora comprada pela Eletromídia).

ESCALA

A Escala acaba de completar 45 anos e sempre está em transformação. Incorporou a City, empresa especializada em inteligência estratégica, e lança uma campanha por meio de uma metáfora na frase “A Escala acabou”. As novas diretrizes são apresentadas a partir da afirmação “Acabamos de lançar um novo negócio chamado Escala”. Tudo está alicerçado em três pilares: brilho criativo, consultoria de negócios e pessoas. E para celebrar esses acontecimentos realiza, no dia 28 de agosto, um café da manhã para convidados no Instituto Ling, onde irá comunicar as mudanças de forma mais aprofundada.

O modelo aponta a reestruturação proposta nos últimos meses e que alterou a dinâmica de trabalho, a mentalidade e os processos. “As mudanças sempre foram necessárias para a evolução. Então, esta construção valoriza tudo que foi feito ao longo desta trajetória, mas reconhece a ruptura como uma transformação positiva do mercado de comunicação. A Escala se mantém na liderança do mercado publicitário da Região Sul há 45 anos, justamente pela capacidade de se reinventar”, explica o diretor da Escala Fernando Picoral.

Este formato converge criatividade e negócios dentro da mesma cadeia de valor. “A Escala sempre entregou criatividade com um olho nos negócios, e a City orienta negócios com um olho na criatividade”, afirma Martin Haag, o fundador da City e agora também diretor da Escala. As condições dessa convergência já estavam ratificadas na declaração da Escala “É tudo sobre pessoas”. Afinal, não há valor na tecnologia se não fizer sentido para as pessoas.

Sobre o posicionamento “A Escala acabou”, Picoral conta que nasceu do exercício de olhar para a própria empresa e os movimentos de negócio: “Percebemos que a mudança já estava em curso, mas precisava de uma virada. Assim, decidimos mostrar que mesmo depois de 45 anos do nascimento temos muito ânimo para nos arriscar e implementar dinâmicas mais eficazes”.

A criatividade com propósito e métricas já colhe os primeiros frutos. O novo posicionamento do Ibravin, desenvolvido pela Escala, atingiu, em uma semana no ar, 13 milhões de impactos. São mais de dois milhões de views, que ultrapassam a meta de impressões e visualizações. No Facebook e Instagram, contabiliza cerca de quatro milhões de pessoas alcançadas e mais de sete mil engajamentos (reações, comentários e compartilhamentos).

NETFLIX

Até o momento, os comerciais estão em fase de teste e chegam apenas a alguns usuários específicos de diversas partes do mundo, mas pode ser que em breve isso se torne realidade para todos os consumidores dos serviços. Os vídeos são personalizados de acordo com cada usuário e neles possuem sugestões dos episódios seguintes da série a ser assistida.

Apesar de as propagandas serem feitas apenas com produtos da companhia, a Netflix já utiliza ferramentas de imagens que são de seu domínio, portanto, é possível que em breve sejam gerados, também, anúncios de patrocinadores.

BISTRÔ

A Gang lançou neste último domingo, dia 19, em comercial de 1 minuto no Fantástico, na RBSTV, a sua nova campanha: #NoFilter. Com planejamento e criação da Bistrô, a proposta é abordar a diversidade, uma bandeira da loja de moda jovem gaúcha fundada em 1976.

O filme traz pessoas de todas as idades, cores e estilos, apostando na representatividade, em um manifesto audiovisual que convida as pessoas a serem quem elas quiserem. Segundo o diretor da Bistrô, Gabriel Besnos, “a ideia é ver o mundo com um olhar generoso para as diferenças e apostar naquilo que nos une”. O casting, selecionado pela equipe de marketing da Gang, buscou traduzir a verdade da marca e da proposta da campanha. Destaque para a participação do modelo Sam Gonçalves, descoberto na São Paulo Fashion Week de 2016 e que está no clipe Vai Malandra, da cantora Anitta, de Georgia Furlan, modelo e atriz mirim de 14 anos com síndrome de Down, da drag queen portoalegrense Bibi Ribeiro, do bailarino Eduardo Severino, das jornalistas de moda Patricia Pontalti e Gabriela Casartelli, além de clientes e fãs da marca. “Todos atenderam ao chamado da Gang porque é uma marca que fez parte da vida de todos os gaúchos. Além disso, ser jovem é um estado de espírito, independentemente da idade”, completa Flávia Ogawa, gerente de marketing da marca.

A campanha #NoFilter é multiplataforma. Através de uma estratégia de produto que dá visibilidade aos campeões de venda da marca, básicos e jeans passam a ter uma exposição especial nos pontos de venda, sob o selo #NoFilter. Na TV, web e na mídia externa, a Gang investe na abordagem comportamental e no reforço da sua essência jovem, incentivando esse estado de espírito em todas as idades – sem perder a essência ousada, contestadora e inclusiva. Assista ao filme em “VÍDEOS”

ROADSHOW

A JC Comunicações, responsável pela plataforma UOL no rio Grande do sul, está convidando o mercado para um café da manhã e apresentação de todas as ferramentas da Plataforma UOL AD LAB – mídia, conteúdo e tecnologia.

O evento tem apoio da ARP (Associação Riograndense de Propaganda) e acontecerá em Porto Alegre no dia 28 de agosto das 9h às 12h no próprio auditório da ARP (Rua Tobias da Silva, 120).

Serão abordados conteúdos sobre publicidade em ambiente premium, formatos, audiência regional, branded safety, qualidade de inventário, qualidade de conteúdo, autenticidade de tráfego, audience extension, vídeo, games, mídia Programática e muita tecnologia.

O evento é exclusivo para anunciantes e agências.  Informações: lucas.pontes@jccomunicacoes.com.br

QUEM INVENTOU AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS?

Foram os autores da constituição dos EUA, que, em 1789, estabeleceram um Poder Executivo individualizado. Vários modelos de mandato foram discutidos- inclusive um vitalício com sucessor hereditário. Por fim, decidiram por escolher um presidente a cada quatro anos- sem limite de reeleições, à época, George Washington foi o primeiro eleito sob a atual Constituição Americana, de 1789, mas, nos 23 anos entre a independência dos EUA, em 1776, até sua posse, outras oito pessoas comandaram o então ´protótipo de país, começando pelo congressista John Hanson. No Brasil, o primeiro eleito foi o terceiro presidente, Prudente de Morais, em 1894- os antecessores, marechais Deodoro e Floriano Peixoto, não foram escolhidos por voto.

QUEM INVENTOU A TOMADA DE TRÊS PINOS?

O design que indignou dez entre dez brasileiros foi lançado em l986 pelo Comissão Eletrotécnica Internacional com a pretensão de se tornar um padrão universal de tomadas – o Brasil começou a estudar o modelo em 1994. Até hoje, porém, apenas Brasil, Suíça, África do Sul e mais cinco países adotaram o troço. Outro objetivo era desenvolver uma conexão elétrica mais segura, já que p formato afundado das tomadas evita acidentes, assim como o terceiro pino, que cumpre a função de fio-terra- mas só em locais com aterramento instalado, o que é incomum no Brasil. Os atendimentos médicos por eletrochoque, contudo não diminuíram desde a oficialização do padrão, em 2009.

BS FESTIVAL

Está se aproximando o maior evento de inovação do Brasil. Ao todo, serão mais de 120 palestrantes, com atividades ao ar livre e experiências por 12 hubs do Bairro Floresta.

Associados da ARP tem desconto, basta inserir o código ARP20.

Não perca!

TENDÊNCIAS

“Estamos acostumados, por hábitos do próprio mercado, a considerar inovador só o que vem de fora, em especial dos países de primeiro mundo. Ficamos conhecendo o conteúdo de tendências e seu uso dentro dos departamentos de marketing e inovação via empresas estrangeiras, que não costumam adaptar seu conteúdo para o Brasil”, analisa Rebeca de Moraes, sócia-fundadora da Aurora, consultoria que chegou ao mercado recentemente com a proposta de auxiliar marcas e agências a adaptarem os insights de mercado aos hábitos, estilo e bolso dos brasileiros.

Ou seja, o que as marcas devem fazer é olhar para fora, entender o que está acontecendo nos países e adaptar para nossa realidade.

Analisar as tendências de mercado com atenção e fazer os cruzamentos desses dados com o perfil e estilo dos consumidores brasileiros é fundamental para que uma marca consiga transformar um estudo de mercado em uma ferramenta efetiva para impulsionar seus negócios.

Os brasileiros são muito bons na técnica de trazer tendências dos países de primeiro mundo para a nossa realidade e conseguir adaptá-las da forma mais funcional e criativa possível.

Um desafio que está aí para ser batido.

 

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here