João Firme-01-11-2018

0
23

A PROPAGANDA DA CRUZ VERMELHA E DA CÁRITAS

Por João Firme – Publicitário e Jornalista

Na nossa trajetória da Propaganda Ética e Social, o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) indicou para a Cruz Vermelha Brasileira pedir para a ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade) conscientizar a sociedade brasileira para depositarem qualquer valor na conta da entidade. A quantia seria dirigida para a Cruz Vermelha de Bogotá socorrer parentes de mais ou menos 40 mil pessoas que o Vulcão Nevado del Ruiz matou com lama despejada numa madrugada nos anos 80. Foi a maior tragédia da história na América Latina. Saímos de chapéu na mão com um anúncio de meia-página de jornal solicitando a veiculação e o Jornal do Comércio saiu na frente de todos os veículos de Porto Alegre e do Vale do Sinos, e alguns de São Paulo e Rio de Janeiro entraram em solidariedade com a sociedade. Alguns milhões foram depositados, melhorando a vida dos colombianos.

Agora temos outro desafio humanitário que tem a bandeira da Cáritas Brasil para conseguir trabalho, saúde e educação para Migrantes Venezuelanos, Haitianos e Angolanos.

Lembramos o projeto interdisciplinar do Instituto Ver Hesíodo Andrade fundado em junho de 2007 para estimular e reabilitar gratuitamente a visão infantil, através do Teste do Olhinho que é lei em Porto Alegre, evitando a cegueira precoce em 22 crianças por ano desde 2008.

Antecipamos o 2º Curso para Técnicos de Estimulação Visual, inicialmente previsto pro segundo semestre de 2019, para março. Certamente muitos migrantes obterão o diploma na especialização e abastecerão o mercado de trabalho que é enorme na América Latina, o amanhã do mundo.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here