Marcelo Marsillac Matias-23-11-18

0
29

MÉDICOS GAÚCHOS DECIDIRAM PELA RENOVAÇÃO

Por Marcelo Marsillac Matias – presidente do SIMERS – Sindicato Médico do Rio Grande do Sul

No último dia 9/11 ocorreu a apuração dos votos relativos à eleição do SIMERS (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul), e a CHAPA 2-RENOVA SIMERS, liderada pelo ginecologista e obstetra Marcelo Marsillac Matias foi eleita com 57% dos votos válidos. Foram  totalizados 4247 votos de sócios do maior sindicato médico da América Latina, que conta com aproximadamente 15 mil associados.

A chapa vencedora, oposição ao grupo que comandou o sindicato dos médicos gaúchos nos últimos 20 anos, realizou sua campanha baseada nas ideias de renovação, transparência, combatividade e forte presença no interior do Rio Grande do Sul.

Na esteira dos movimentos de renovação nacional e do crescimento de ideias liberais no país, os médicos gaúchos votaram por um modelo de representação mais moderno, e contra as fortes denúncias de corrupção do grupo representado pela CHAPA 1, denúncias essas que levaram à renúncia de Paulo de Argollo Mendes,  comandante da entidade por duas décadas.

O grupo que comandará o SIMERS entre 2019 e 2021 promete acabar com a reeleição para o cargo de presidente da entidade, e alterar a estrutura organizacional do sindicato, que passará a ser mais descentralizada e com decisões baseadas no colegiado diretor, ante a forte personalização e centralização anteriores.

Logo após a vitória no pleito, o presidente eleito, Marcelo Matias, enfatizou a necessidade de pacificação e reconstrução da entidade após o turbulento processo eleitoral. A nova gestão eleita reivindica o estabelecimento de uma comissão de transição por parte da atual gestão, derrotada nas urnas.

Certamente, o desejo dos médicos gaúchos é que os tensionamentos se encerrem, que a vontade da categoria seja respeitada e que se consolide uma transição civilizada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here