MARÍLIA RIZZON

0
63

Bomba-relógio

 

Por Marília Rizzonjornalista, astróloga e autora

 

Na sexta-feira, Nenê pediu que lhe enviasse um artigo sobre o momento atual, de um ponto de vista astrológico, claro.  Imediatamente pensei em algo envolvendo essa passagem de Urano por Touro, que se iniciou na semana passada e dará o tom da inovação nos próximos sete anos.

Afinal, quando um dos três planetas geracionais mudam de signo, algo que acontece entre cada 7 e 17 anos, aproximadamente, é como se uma placa tectônica se movimentasse na psique global. Ou seja, é um sinalizador de mudanças de valores e anseios internos em escala global.  O que se reflete no zeitgeist, no espírito do tempo.

Pois então, poucas horas depois do Nenê me escrever, abro a newsletter do Affonso Ritter e qual é a primeira notícia com que me deparo? As duras críticas do Papa Francisco ao mercado financeiro, que ele classificou como ‘bomba-relógio’.  Mais Urano em Touro impossível!

Se eu desejava uma confirmação sobre o que falar, tive naquele momento.  Porque uma das mudanças que se aguarda é exatamente no mercado financeiro, no sistema que movimenta dinheiro. Explico.

Urano simboliza a energia e a tensão que catalisam mudanças necessárias à vida, pois sabe que é isso que faz o mundo avançar.  É o planeta que simboliza a disruptura e libertação daquilo que oprime, com o despertar para uma nova consciência.

Touro, por sua vez, é signo do elemento Terra, conectado à questões materiais, portanto. Mas não só isso, Touro é o signo mais conectado de todo o Zodíaco com a fertilidade da terra, que gera e produz sustento, alimento, riqueza. E o seu consumo.  E ainda, com a monetização do talento, com o dinheiro.

Junte os dois e o que temos?

Disruptura, mudanças e inovação (Urano) nos setores ligados ao mercado financeiro, consumo, produção, exploração e uso do solo, da terra e das reservas naturais (Touro).  Menos papo e mais ação sustentável que beneficie a todos e a pela vida no planeta. Aliás, o movimento global Believe Earth, lançado no Rock in Rio em setembro do ano passado, já nasceu inspirado por essa energia, pois Urano já se aproximava de Touro.

Espero que realmente vejamos mudanças e inovações pró sustentabilidade nossa e do mundo.  Que essa temporada de Urano em Touro traga consciência da nossa íntima conexão com as forças da natureza, que aprendamos a respeitá-la, cuidá-la e honrá-la, como a grande mãe e doadora de vida que ela é! Que nos conectemos mais e mais com sua energia yin, feminina, fértil, criativa, abundante. Que respeita cada ser que aqui está, em todo o seu propósito.  E que assim, nos libertemos do que oprime a nós e o mundo.

Em tempo: além do que falei, Touro é também o sigo mais sensorial do Zodíaco, o mais conectado aos cinco sentidos e ao que lhe dá prazer – como eu digo, as boas coisas da vida!  Ao florescer do belo e da criatividade. Também aí podemos esperar mudanças de ordem global.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here