MOOVE E PAIM LANÇAM ESTRUTURAS INOVADORAS. 01.11.2019

Moove lança ferramenta para aperfeiçoar estratégias e conteúdos digitais

A Moove apresentou ao mercado publicitário o Núcleo de Dados e Performance. A nova ferramenta foi desenvolvida pela agência, em parceria com a Zeeng – a primeira plataforma de Big Data Analytics totalmente voltada para comunicação e marketing do Brasil –, para reunir, visualizar, analisar e monitorar dados disponíveis no ambiente digital.

Para a Moove, o monitoramento de informações não é uma novidade, uma vez que a equipe da agência já pensa e atua fortemente voltada para o mundo digital. A novidade é a leitura de dados de forma ágil na coleta e na visualização, eficiente na análise, otimizada para o trabalho do dia a dia e inteligente na entrega do que realmente interessa ao cliente.

Com o Núcleo de Dados e Performance (NDP), é possível monitorar a presença digital de marcas e pessoas nas redes sociais, gerar informações em tempo real sobre o engajamento dos públicos, avaliar a concorrência, antecipar novidades, apontar tendências, prever crises e colocar em prática um ciclo de aperfeiçoamento de estratégias e conteúdos, criando peças e campanhas mais assertivas.

Para o sócio-diretor da Moove, José Luiz Fuscaldo, o NDP é uma metodologia que está alinhada com o modelo de negócios da agência. “A Moove é inquieta. Encaramos as transformações do mercado de forma aberta e curiosa e estamos sempre olhando para o futuro”, afirmou.

“Hoje, as empresas querem estar conectadas ao mundo da performance. Querem ser orientadas por dados e desenvolver estratégias baseadas em pesquisa e inteligência. Por isso, o NDP nada mais é do que resultado da experiência e da maturidade da Moove no mundo digital. É trazer o futuro para o presente.”, explicou Eugênio Lumertz, acelerador de Inovação da Moove.

Gabriel M. Fuscaldo, head de Performance da agência, destacou o papel da equipe na leitura de dados. “Nosso trabalho é desenvolvido em um ciclo que batizamos de Avaliar&Aperfeiçoar; avaliar por meio de informações e aperfeiçoar através das pessoas, do trabalho do nosso time.”

O processo do Núcleo de Dados e Performance

O processo do NDP pode ser estruturado em três etapas. A primeira é a disponibilização de dados atualizados em tempo real, que integram as mais variadas fontes. A seguir, essas informações são transformadas em um painel visual que apresenta um conjunto de indicadores e métricas relevantes para a gestão da marca. Por fim, por meio dos dashboards gerados, é possível planejar e implementar melhorias, identificar oportunidades, tendências e pensar novas estratégias.

Entregas do Núcleo de Dados de Performance

– Análise de Posicionamento de Marca
– Visão Global e Detalhada de Presença do Negócio e Concorrentes
– Monitoramento Ativo
– Identificação de Tendências
– Antecipação de Possíveis Crises
– Otimização de Novos Ciclos de Entrega

Moove – Sempre inquieta

Sempre inquieta, a Moove se reinventa permanentemente e apresenta soluções novas do institucional ao varejo, da área pública à privada. Em uma operação que se movimenta de forma transversal, a agilidade caminha lado a lado com a estratégia criativa em todas as áreas.

O ano de 2019 está sendo um marco para a Moove. A agência conquistou três novas contas de varejo no primeiro semestre, investiu em compliance para segurança de dados e de mídia, reforçou a cultura de aprendizagem da equipe, criou um programa de desenvolvimento de talentos, participou de novos projetos de responsabilidade social, entre outras ações.

A Moove já conquistou duas vezes consecutivas o título de Agência de Comunicação do Ano no Salão ARP 2017 e 2018, premiação promovida pela Associação Riograndense de Propaganda (ARP).

Foto: Gabriel M. Fuscaldo, head de Performance; Eugênio Lumertz, acelerador de Inovação; e Débora Martins, analista de Performance

 

Paim Comunicação lança Laboratório de Experiências do Consumidor

Centro de pesquisa é resultado de uma parceria com a Escola de Negócios da PUCRS

Entender o comportamento do consumidor sempre foi um dos maiores desafios das marcas – e de quem trabalha para aumentar a sua competitividade. É o caso da Paim, que há quase 30 anos desenvolve soluções de comunicação para os seus clientes e que lança, nesta segunda-feira, 4 de novembro, o seu mais novo centro de pesquisa: o Laboratório de Experiências do Consumidor (Labex), uma área de 100m2 no sexto andar do prédio 50 da PUCRS. Resultado de uma parceria do braço de inovação da Paim – o PaimLab – com a Escola de Negócios da universidade, o espaço simula uma loja tradicional que, por meio de um mobiliário adaptável, permite criar múltiplos formatos, desde o segmento de cosméticos até o ramo alimentício. Em meio às prateleiras, o primeiro laboratório da Região Sul dedicado a estudar as experiências de consumo está equipado com programas de realidade virtual, rastreamento de visão, mapas de calor e reconhecimento facial – tudo com a intenção de mapear a jornada do cliente e detectar padrões de escolha. “O Labex se propõe a ser um espaço de pesquisa multidisciplinar. Além da abordagem da Comunicação e de Negócios, ele também envolve áreas como Psicologia, Marketing, Computação e Arquitetura”, explica Kim Gesswein, diretor de Inovação da Paim, professor da Escola de Comunicação, Artes e Design da PUCRS e um dos coordenadores do Labex ao lado de Vinícius Sittoni Brasil e Stefânia Ordovás de Almeida, docentes da Escola de Negócios.
Para as marcas, espaços como o Labex representam a oportunidade de realizar testes para entender mais sobre o comportamento do consumidor, ampliando a competitividade dos seus produtos, melhorando a experiência de compra e explorando novas possibilidades tecnológicas. “Em vez de investir em espaços específicos ou de fazer testes nas próprias lojas, elas poderão testar modelos e fórmulas no Labex”, explica Kim. A primeira parceria já está definida: será com uma das marcas de sapatos femininos da Grandene, a Zaxy – os consumidores serão convidados a participar de estudos que avaliarão a experiência no ambiente da loja.

Sobre a Paim Comunicação

A Paim Comunicação se movimenta a partir de um ecossistema de serviços empenhados em contribuir com a competitividade de marcas, ideias e empresas, colocando a tecnologia a serviço da emoção. Com 28 anos de atuação no Brasil e no Exterior, a Paim acredita na competência, na verdade e na ética como requisitos para a criatividade eficaz e para a inovação que faz sentido. Além da atuação no Labex, a busca pelas soluções de ponta está presente no cotidiano da equipe, com o suporte de suas estruturas junto a plataformas de inovação: PaimLab Tecnosinos, no RS, e InovaBra, em São Paulo. A equipe interdisciplinar deste ecossistema hoje é formada por parceiros de pesquisa e serviços complementares que operam junto aos 172 profissionais da Paim.

Inauguração do Labex
Data: 4 de novembro (segunda-feira)
Horário: 17 horas
Local: Sexto andar do prédio 50 da PUCRS

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *