SONDAGEM ESPECIAL – FALTA DE TRABALHADOR QUALIFICADO – 21.02.2020

A pesquisa que foi realizada de 1º a 11 de outubro de 2019, com 1.946 indústrias de transformação e extrativas de todo o país foi divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revela que cinco em cada dez indústrias brasileiras tem dificuldades em contratar empregados por falta de qualificação. Intitulada “Sondagem Especial – Falta de trabalhador qualificado” o estudo mostra que à medida que a economia se recuperar, a falta de trabalhadores qualificados deve agravar e torna-se um obstáculo para o aumento da produtividade e competitividade no país.

O estudo destaca a baixa inserção da educação profissionalizante no país. Enquanto o percentual de estudantes do ensino médio matriculados em cursos profissionalizantes ultrapassa 40% na Alemanha, na Dinamarca, na França e em Portugal e atinge cerca de 70% na Áustria e na Finlândia, o percentual chega a apenas 9,7% no Brasil.

No país, cerca de dois a cada dez estudantes que concluem o nível médio alcançam a educação superior. O restante, incluindo os que largaram a escola, entra no mercado de trabalho sem preparo.

Clique para acessar o estudo na íntegra:

sondespecial_faltadetrabalhadorqualificado

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *