José Maurício Pires Alves 20-03-20

FELICIDADES PARA TODOS NÓS

Por José Maurício Pires Alves – Atalho Soluções em Comunicação

Hoje é o dia mundial da felicidade.

Então vamos aproveitar a oportunidade e falar dela?

Coisa boa de ter e de ser, pois todos vivem em busca dela.

Começando pelo princípio: o que é felicidade?

É saúde, é dinheiro, é amor? É ter tudo que se quer?

E ela depende de que e de quem?

Será que são os outros, parentes e amigos, que devem nos fazer felizes?

E ela só existe na plenitude de nossos desejos?

Eu acho que não. Ela depende dos limites desses desejos.

Nós somos responsáveis por nós mesmos e por nossa felicidade.

Ser feliz é um estado de espírito, é realização e satisfação.

Para mim, felicidade é uma postura, um estilo de vida regido pelo pensamento positivo.

Não depende de dinheiro ou posses, nem de inteligência.

Eu creio que depende de atitude. É você que decide ser feliz.

Muitos fatores influenciam nossa felicidade: o trabalho, a família, os amigos, a situação financeira e a saúde.

E tudo tem início em conformarmo-nos com o que temos agora, mas buscando melhorar a cada dia.

É o estar ou sentir-se hoje melhor que ontem.

Não invejar a posição nem a condição dos outros.

Como é uma sensação pessoal, temos que fazer o melhor uso do que temos e do que a vida nos dá.

Tornar permanentes nossos momentos de satisfação.

Meu desejo final é de que todos nós saibamos ser felizes e deixar os outros felizes.

Porque felicidade, gente amiga, é ter prazer na vida.

E, como disse Carlos Drummond de Andrade, ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *