NOTAS DA SEMANA-26-06-20

FEEVALE

Com o crescimento exponencial de novas tecnologias, o Idiomas Feevale, em parceria com a University of Oxford, lança um novo modelo de ensino para línguas estrangeiras, o Idiomas On-live. Focada no que existe de mais inovador para o aprendizado do aluno, a Universidade Feevale buscou um método diferenciado para revolucionar o modo como os estudantes aprendem e passou a utilizar o formato tecnológico da Oxford. Por meio do modelo sincrônico, os alunos conseguirão construir e aprimorar suas habilidades comunicativas, por meio de uma plataforma virtual e um e-book, editado pela Oxford. Esse novo modelo possibilita a interação, ao vivo, com o professor, que estará disponível para conduzir a aula, esclarecer dúvidas e auxiliar no processo de aprendizagem. O livro on-line foi elaborado para que o estudante consiga desenvolver as quatro habilidades linguísticas: reading (ler), writing (escrever), listening (ouvir) e speaking (falar). O English On-live, modalidade ofertada para língua inglesa, está organizado em três módulos: básico, pré-intermediário e intermediário. O certificado é emitido ao final de cada um dos módulos e a Feevale, segue o Quadro Comum Europeu de Referências para Línguas, que é um padrão internacionalmente reconhecido para a descrição do nível de proficiência em um idioma. Além disso, há, também, cursos on-line para pessoas com mais de 50 anos, de Inglês e Alemão. “Esse curso tem relevância fundamental para os alunos que se identificam com as tecnologias e que gostariam de estudar a língua no seu próprio espaço, no conforto do lar, de acordo com sua agenda de horários. É um curso vinculado à tecnologia e à comodidade do aluno”, declara a coordenadora do Idiomas Feevale, Vera Flores. Segundo ela, a abordagem comunicativa, que já é tradicional nas aulas presenciais, se mantém, pois o aprendizado transcorre em uma sala virtual na qual professor e aluno interagem, ao modo que faziam na sala física. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.feevale.br/on-live. Mais informações sobre o novo modelo de ensino podem ser acessadas no mesmo endereço.

ERRO

Contrata um jornalista com dois empregos em outro Estado.

Este jornalista fincou raízes no outro Estado e falava muito mal dos colegas daqui e não tinha mais amor por aqui.

Passam 22 dias de excelente afinação com a equipe e estressada com o Big e pede para sair, pois vai tentar carreira politica na capital do outro Estado. Dá para entender esse processo??

LIVEADS

Na quarta-feira (25) o portal Adnews convidou Anderson Bitolo, CSO da SimpleAds, Renato Bastos, Head of Sales da SimpleAds e Marcelo Bernardes, CEO da Purple Cow para bater um papo no LiveAds com o tema “Retomada e futuro do mercado publicitário durante e pós-pandemia”. O apresentador, Daniel Rosa, e os convidados falaram sobre as mudanças que o mercado deve enfrentar nesse período.

Assista o programa: https://www.youtube.com/watch?v=PRrFlMQJ5yQ

MÍDIA DAY

Na ultima quinta-feira (25/06), os mídias se encontraram virtualmente com a RECORD TV no Mídia Day, uma experiência inédita, para celebrar o Dia do Mídia. Foi um evento espetacular, aberto ao público que trouxe conteúdos on-line exclusivos em uma noite cheia de interações com especialistas em tendências no cenário dos negócios.

As grandes novidades em cultura e inovação digital foram exploradas pelos convidados Gil Giardelli, professor de inovação; Pyr Marcondes, diretor-geral da M&M Consulting; e Lica Bueno, presidente do Grupo de Mídia de São Paulo, sempre dentro do universo das possibilidades do mercado de mídia, trazendo a discussão de novas ideias e gerando reflexões sobre a profissão nos próximos anos.

DINAMIZE

Na terça-feira (23 de junho) a Dinamize, empresa especializada em Marketing Digital, estaria comemorando os seus 20 anos em grande estilo na Villa Bisutti, em São Paulo, mas devido às restrições e ao isolamento não foi possível se realizar o evento. “Em nome do desastre econômico que já assola muitas empresas e pessoas especiais para nós, em nome de todos os mortos e doentes vítimas dessa pandemia desistimos de adiar a festa para 2021. Em nome deles cancelamos definitivamente esta comemoração. Quem sabe festejaremos juntos em 2025?” disse Jonatas Abbott, sócio da Dinamize, em suas redes sociais.

MULHERES NO MARKETING

Apesar de terem menos mulheres trabalhando na área de marketing, elas estão sendo mais bem pagas do que seus colegas do sexo oposto, de acordo com o estudo anual de remuneração do CMO Council, rede global de executivos de marketing com mais de 16 mil membros em 110 países. O levantamento constatou que em 2019 as mulheres que ocupavam altos cargos na área de marketing ganhavam em média US$ 212.898, com bônus de US$ 56.229, em comparação aos homens que ganhavam US$ 209.525, com bônus de US$ 53.388. Esta é a primeira vez que o salário feminino ultrapassa o masculino, segundo porta-voz do conselho.

O aumento salarial segue um relatório do final do ano passado da empresa de recrutamento executivo, Russell Reynolds Associates, que mostrou uma alta no número de líderes de marketing femininas no primeiro semestre de 2019. Esse recorde, em que 48% dessas nomeações foram para mulheres, fez com que o levantamento observasse a proximidade da igualdade de gênero.

ESPM

Dados da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil apontam que as exportações do agronegócio brasileiro tiveram um recorde no acumulado de janeiro a maio, fechando em US$ 42 bilhões – o maior valor já registrado para os cinco primeiros meses de um ano. A alta foi de 7,9% em relação ao mesmo período de 2019. Em tempos do impacto da pandemia na economia global, os resultados mostram o quão robusto é o setor e revela a importância de trazer o pensamento estratégico como ferramenta para uma nova geração de profissionais. Com esse objetivo de capacitar engenheiros agrônomos; gerentes e diretores de operação das áreas industrial, comercial, marketing, recursos humanos e desenvolvimento de produtos; acionistas do setor do agronegócio; e interessados pelo tema, a ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) anuncia as inscrições para o curso “O Pensamento Estratégico no Agronegócio”, que será coordenado e ministrado pelo professor Dennis Giacometti.

Ministrado a distância, de 17 a 20 de agosto de agosto, das 19h30 às 20h30, o curso O Pensamento Estratégico no Agronegócio tem por foco habilitar os profissionais a pensar e atuar, em um futuro próximo, no desenvolvimento de projetos de forma sistemática e interdependente por diferentes áreas da empresa; auxiliá-los na construção de marca – pautada por relações duradoras e sustentáveis entre o mercado e a sociedade. Além desses tópicos, o curso vai abordar a importância do conhecimento e autoconhecimento na gestão do negócio.

“Uma dúvida recorrente é se é possível construir uma marca de prestígio e valor no agronegócio, mesmo sendo commodity. Nesse curso de extensão, de maneira bastante prática, vamos mostrar quais são os fatores críticos para o sucesso dessa construção; como evoluir nas operações, do ponto de vista da gestão agrícola ou industrial; como construir conhecimento nesse segmento; qual o papel da transformação digital na gestão e cultura organizacional; a construção de redes para a formação de alianças estratégicas; e a elaboração de cenários para o desenvolvimento de um planejamento estratégico”, detalha Dennis Giacometti. Segundo o coordenador do curso, o formato de workshop permite uma troca maior entre alunos e professor – relacionamento baseado na proposta de construir e customizar uma trilha de aprendizado prático para que cada estudante tenha as demandas atendidas.

ARP

Profissionais De Comunicação Fora Do Mercado Podem Ser Alternativa Para Empresas Durante A Crise

Assim como vários setores da economia, o da comunicação também passa por dificuldades durante a pandemia de coronavírus. Ao mesmo tempo que muitos profissionais buscam se recolocar no mercado, empresas adaptam suas equipes para a nova realidade. Para auxiliar ambas as pontas desse ecossistema, está circulando uma planilha com dados de profissionais do Rio Grande do Sul que estão disponíveis para prestarem serviços. A Associação Riograndense de Propaganda (ARP) apoia a iniciativa, que já possui cerca de 150 nomes.

O movimento surgiu de forma independente e auto-organizada, tendo início com Carlos Farneda, diretor de arte da Morya Comunicação. Ele explica que a ideia veio a partir de pedidos de indicação de profissionais, ao mesmo tempo em que alguns de seus amigos perderam o emprego. “Existia claramente uma falha no elo entre profissionais e as vagas existentes. Há talentos disponíveis para começo imediato e essa conexão entre oferta e demanda pode auxiliar na movimentação do mercado com um todo”, pontua ele.

Segundo Farneda, a planilha agrega profissionais de diversas áreas da comunicação, como criativos, social medias, designers, atendimentos e fotógrafos, entre outros. “A maioria dos profissionais disponíveis são de Porto Alegre, mas acredito que essa planilha tem potencial para chegar a todo o Brasil, uma vez que estamos trabalhando de forma remota e podemos prestar serviços à distância”, avalia o diretor de arte.

A iniciativa vai ao encontro das atividades da ARP, que busca servir de plataforma para o crescimento do mercado da comunicação, bem como para a conexão entre os profissionais da área. “Nosso intuito é dar luz para essas ações, visto que o ‘P’ da ARP vai além da propaganda. É ‘P’ de plataforma e de pessoas, esse é nosso foco. Mais do que nunca, temos que nos colocar como base para alavancar movimentos que contribuam verdadeiramente para somar na vida desses profissionais, que atualmente precisam de todo o auxílio possível”, declara a presidente da ARP, Liana Bazanela.

Para ter seu nome incluso na planilha, é só acessar bit.ly/talentosdisponiveis e preencher com os seus dados. “Eu acredito que existe trabalho para todo mundo, independentemente da área de atuação ou do nível de experiência. E assim o mercado e a economia saem ganhando”, conclui Farneda.

CLUBE DE CRIAÇÃO RS

Depois de muito trabalho sendo desenvolvido ao longo dos últimos anos, desde a formação do grupo em 2016, uma das pautas do Clube de Criação finalmente saiu do papel: o Clube de Criação do Rio Grande do Sul agora tem site oficial. Desenvolvida pela 3ag Comunicação, sob a competência da dupla William Mallet e Camila Juba, a página possui uma navegação simplificada, sem deixar de ser visualmente bonita. O site vai direto ao ponto, que é mostrar ao público quais os propósitos do grupo de criativos: dar valor às ideias e fazer com que cada vez mais pessoas entendam a importância de colocar o assunto como fator imprescindível aos negócios.

Em destaque no site está o genial manifesto do Clube, que demonstra na prática como uma ideia que poderia ser simples, pode valer muito mais.

Entre as seções do site, também existe uma área de notícias sobre as diversas ações do CCRS que foram desenvolvidas, desde fundação. “Dá para fazer um resgate histórico de como surgiu e o que temos feito de relevante até aqui”, revela Cado Bottega, um dos fundadores do Clube de Criação gaúcho. Atualmente, o Clube é administrado juntamente com Alessandro Carlucci, Dreyson Queiroz e William Mallet.

O projeto do site foi concebido com um espaço para que outros criativos, grupos de profissionais e até agências possam enviar materiais próprios que consideram criativos, com suas respectivas fichas técnicas. Esta área, inclusive, ganhará uma seção exclusiva ainda em 2020, servindo como uma seleção de grandes trabalhos criados e desenvolvidos no RS ao longo da história.

O site pode ser acessado no clubedecriacaors.org está à disposição de todos os profissionais e empresas que precisam divulgar seus trabalhos mais criativos.

JCDECAUX

A JCDecaux, líder mundial em mídia out of home, realizará na próxima terça-feira, dia 30, às 17h, o “Webinar OOH Thinkers”, com o tema OOH no pós pandemia. Com as participações especiais de Fábio Bernardi, Sócio-diretor da Morya, Helisson Schiavinato, Diretor Executivo da IMAM Publicidade, e Jorge Eduardo Manfrini, Presidente do Grupo de Mídia SC, o encontro on-line vai abordar o papel da comunicação no momento pós-pandemia, trazendo uma conversa em torno dos desafios das marcas ao voltar para as ruas. Para assistir ao webinar, basta fazer a inscrição gratuita pelo site www.jcdecaux.com.br e então o link de acesso chegará por e-mail.

O encontro terá abertura e encerramento comandados por Heitor Pontes, diretor comercial da JCDecaux, e dois momentos de apresentações. O primeiro em que a diretora de Marketing e Inovação da JCDecaux Brasil, Andrea Salinas, falará sob o tema “From Take Care to New Normal” (Do cuidado ao novo normal), em que ela irá mostrar um panorama global sobre a mídia OOH, e também uma análise geral sobre as campanhas veiculadas pela JCDecaux em países que já retomaram suas vidas após o período de isolamento, como a China, entre outros. Já no segundo, os convidados conversarão sobre o tema “O futuro de marcas e negócios e a nova relação com os consumidores”.

LIVE MARKETING

O setor de Live Marketing no Rio Grande do Sul agora possui um grupo representante dentro da Associação Riograndense de Propaganda (ARP). Após anunciar apoio ao manifesto divulgado pela entidade em benefício dos profissionais da área que passam dificuldades econômicas durante a pandemia, a ARP agregou o grupo aos demais representantes de setores que agrega em seu ecossistema do mercado da comunicação e da economia criativa.

Segundo estudo realizado em 2013 pela ABEOC (Associação Brasileira de Empresas de Eventos), SEBRAE e Universidade Federal Fluminense, o setor representa 4,32% do PIB do Brasil, gerando 1,893 milhão de empregos diretos e terceirizados. Além disso, estima-se que a área tenha crescido em média 6,5% ao ano desde então.

Mais de 340 empresas já fazem parte do Grupo de Live Marketing RS, que visa a união do setor e um comprometimento maior em um plano de ações. Para isso, interesses desses profissionais já estão sendo debatidos com órgãos estaduais e municipais. “O governo passou a entender o tamanho do setor e como funcionam as atividades. Os eventos impactam em diversas cadeias e por isso nosso segmento precisa ter voz. É uma área com muitas empresas pequenas, que estão passando por grandes dificuldades nesse momento”, comenta Ana Leite, da Inventa Evento.

A ARP ingressa nessa missão e estende seu apoio agregando o grupo aos demais representantes de setores da comunicação que abriga. O Grupo de Live Marketing RS estará junto aos Grupos de Atendimento, de Atendimento de Veículos, de Mídia, de Planejamento, de Produção, de Marketing e do Clube de Criação, que são parceiros da entidade. “É uma grande iniciativa de estruturar o setor. Sabemos que não estamos passando por uma situação fácil e por mais que o grupo tenha surgido em função da pandemia, existem muitas outras pautas a serem colocadas em prática. Nossa entidade vai servir de plataforma, dando suporte e apoio ao segmento”, declarou a presidente da ARP, Liana Bazanela.

A próxima ação do grupo será uma campanha desenvolvida junto com Clube de Criação para angariar fundos para os profissionais da área que estão passando por dificuldades nesse período de pandemia. Para saber mais sobre ou como participar, entre em contato com o grupo pelo e-mail grupolivemarketingrs@gmail.com.

PAUTAS CONVERGENTES

Todos os semestres, alunos dos cursos de Jornalismo da Faculdade de Comunicação Social da UniRitter produzem em sala de aula conteúdos para as revistas Dossiê e Universus, e para o jornal Unipautas, produções as quais são lançados em evento presencial ao final de cada semestre. Porém, neste ano, por conta da pandemia de coronavírus, a apresentação desses materiais ocorre de maneira diferente e não mais presencialmente. O evento Pautas Convergentes irá ocorrer no dia 29/06, próxima segunda-feira, na plataforma Blackboard Collaborate, a partir das 19h30min pelo link bitly.com/pautasconvergentes.

No evento, cinco alunos do Curso de Jornalismo irão representar as diferentes turmas dos campi Zona Sul e FAPA, as quais participaram dos projetos, apresentando questões relativas às produções jornalísticas e debatendo temas contemporâneos. Os estudantes selecionados são: Aldrey Dornelles, Douglas Collares, Marcos Vinicius de Oliveira, Matheus Machado e Vinícius Sanfelice.

Para agregar no debate, os alunos contarão com a participação do jornalista do Grupo RBS, Paulo Germano. Ele irá apresentar informações sobre a sua trajetória, e como está sendo fazer jornalismo durante um momento de distanciamento social. Bem como abordará temas relacionados aos assuntos chave de cada produção dos estudantes. Fato que proporciona trocas entre os acadêmicos e o profissional, possibilitando novos conhecimentos sobre o mercado de trabalho e experiências vividas pelo jornalista, que atua na RBS TV, GaúchaZH e Rádio Gaúcha.

Pensando em proporcionar novas experiências para acadêmicos não só da UniRitter, o evento será aberto para todos e todas que se interessem pelo assunto, sendo possível acesso por meio deste link.

O acesso para o evento pode ser feito por meio do link bit.ly/pautasconvergentes a partir das 19h10min do dia 29/06/2020.

O evento Pautas Convergentes é uma produção dos alunos de Relações Públicas, da Faculdade de Comunicação Social da UniRitter, na disciplina de Gestão de Eventos, sob orientação da Professora Me. Cristiane Cirimbelli De Luca.

MERCADO DE LIMPEZA

O mercado de higiene e limpeza é um dos aliados no combate à Covid-19. A comunicação ao público de certos produtos do segmento, entretanto, ainda pode ser um desafio. No início do mês, a Tixan-Ypê redesenhou a embalagem de alguns lotes do seu sabão em pó com uma ilustração similar ao novo coronavírus.

Apesar de não citar nominalmente o causador da doença, a comunicação que afirmava ser efetiva na quebra da capa de gordura de vírus. Ela foi suspensa após um processo instaurado pela Unilever tanto no poder judiciário quanto no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). A concorrente direta da Tixan afirma que a embalagem poderia resultar em uma comunicação enganosa junto ao público.

A fabricante do produto afirma que irá recorrer da decisão, que foi liminar e ainda aguarda julgamento.

Em nota, a empresa afirma que o recolhimento respeita a liminar que questiona “atributos sanitizantes mencionados no verso de algumas embalagens do lava-roupas”, sem qualquer relação com a qualidade dos produtos.

No Brasil, o único produto com efetividade no combate ao coronavírus comprovada pela Anvisa é o lenço umedecido da Omo, recém lançado no mercado. O órgão permite, entretanto, que outros produtos com desinfecção comprovada de vírus parecidos possam contar com uma comunicação indireta.

O Conar afirma que suspendeu o processo envolvendo a disputa após a insaturação do inquérito judicial.

DESTEMPERADOS: FOODTALKS SANTANDER

O desafio de empreender no mundo gastronômico é ainda maior em meio à uma pandemia, mas também pode ser a oportunidade de pensar em novos serviços que, com inovação e criatividade, podem traçar os novos caminhos a serem seguidos por chefes, donos de restaurantes, ou pelos apaixonados por comer e beber bem. É com esse propósito que Destemperados e Santander promovem o Food Talks Santander: o futuro da comida, um evento online, composto por quatro encontros na quarta-feira (24) e o dia 3 de julho. O evento, que tem o objetivo de fomentar o empreendedorismo e discutir as tendências da gastronomia, será transmitido ao vivo no YouTube e em GaúchaZH, plataforma que a partir desta quarta-feira passa a compilar os conteúdos de Destemperados.

Com apresentação de Lela Zaniol e Diogo Carvalho, o encontro virtual terá a participação de grandes nomes da gastronomia brasileira para falar sobre empreendedorismo, gestão de negócios, educação financeira e inspiração, os quatro pilares do evento. O primeiro encontro, que ocorreu na quarta-feira (24), teve a presença dos empresários do ramo gastronômico em Porto Alegre Márcio Callage, Carla Tellini e Tobias Chanan, que debateram sobre o tema “Empreendendo na Gastronomia”.

Em forma de bate-papo, os painéis dos quatro dias de evento acontecem a partir das 20h. O Food Talks Santander é um evento gratuito e não é necessário inscrição prévia para participação. As próximas palestras ocorrem nos dias 1º e 3 de julho.

O primeiro dia do evento marca outra novidade de Destemperados. A partir desta quarta-feira, a multiplataforma gastronômica do Grupo RBS passa a integrar oficialmente GaúchaZH, entregando uma nova experiência de navegação para seus leitores consumirem os conteúdos voltados ao universo da gastronomia, em um formato leve e descontraído.

No segundo encontro, que acontece nesta sexta-feira (26), o público poderá conferir um bate-papo sobre gestão de negócios, com o superintendente executivo do Banco Santander, Vitor Hugo D Avila, e a consultora Lucianne Franzmann. Durante a próxima semana, nos canais do Destemperados, os convidados dos painéis dos dias 1º e 3 de julho serão anunciados.

HOME OFFICE

Uma pesquisa feita pela Robert Half mostrou que 86% dos profissionais gostariam de continuar no home office após a pandemia do novo coronavírus. O estudo apontou ainda que 74% estão preocupados com a perda de seus empregos e 52% acreditam que estão trabalhando mais horas em casa do que antes. A transição do escritório para o trabalho remoto melhorou o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal, sem o deslocamento diário, para 49% dos profissionais ouvidos pela pesquisa. Com relação às mudanças no local de trabalho com o retorno ao escritório, 53% dos profissionais se preocupam em estar muito próximos dos colegas.

O GLOBO

A partir de julho, o jornal O Globo não circulará mais em sua versão impressa na capital Brasília. As assinaturas da capital federal passam a valer para o conteúdo digital do veículo, incluído produtos exclusivamente digitais, como podcasts e newsletters, e a 16 títulos da Editora Globo. Em comunicado, o Infoglobo afirma que as notícias circulam de forma cada vez mais acelerada e que, por conta da pandemia, a empresa teve que se reiventar para continuar entregando os fatos no menor tempo possível. “Cada minuto passou a ser crucial na divulgação de notícias, descobertas e medidas que ajudem no combate e na prevenção”, diz a nota.

Em março, a Editora já havia anunciado que até o mês de julho suas publicações mensais deixariam de ser entregues formato impresso e ficariam disponíveis somente nas plataformas digitais, com exceção da Época, que é semanal. Da mesma forma que fez com as revistas, a editora anunciou que os assinantes de O Globo em Brasília terão acesso às demais publicações no aplicativo Globo Mais.

COMÉRCIO

A Organização Mundial do Comércio (OMC) estimou que o comércio mundial de mercadorias deve diminuir cerca de 18,5% em termos anuais no segundo trimestre deste ano. “A queda no comércio que estamos vendo agora é historicamente grande – na verdade, seria a mais acentuada já registrada. Mas há um lado positivo importante aqui: poderia ter sido muito pior”, disse o diretor-geral da entidade, Roberto Azevedo, em comunicado à imprensa.

Em seu relatório anterior, a OMC previu que o comércio global cairia entre 13% e 32% em 2020, em grande parte devido à pandemia da COVID-19.

“Como as coisas estão atualmente, o comércio só precisaria crescer 2,5% por trimestre durante o resto do ano para atender à projeção otimista”, revelou a OMC em sua versão atualizada sobre estatísticas e perspectivas do comércio global, mencionando que as rápidas respostas governamentais ajudaram a amenizar a contração.

No entanto, olhando para 2021, a OMC prevê que fatores adversos, como uma segunda onda de infecções, crescimento econômico mais fraco do que o esperado e utilização de restrições comerciais, poderiam fazer com que a expansão do comércio ficasse abaixo das projeções anteriores.

VAREJO

As vendas do varejo ampliado brasileiro terão retração de 18,47% em junho e 19,03% em julho, quando os meses são comparados com os mesmos períodos do ano anterior.

Desta maneira, o setor no País terá uma retração de 11,13% nas comercializações acumuladas no ano até o fim de julho, e de 9,79% no primeiro semestre, na relação com igual intervalo do ano anterior.

Siga nosso Instagram: https://www.instagram.com/panoramafarmaceutico/

As estimativas fazem parte da Pesquisa Projeção de Vendas do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), em parceria com o Programa de Administração de Varejo, da Fundação Instituto de Administração (Provar-FIA).

O segmento de livros, jornais, revistas e papelaria terá retração de 60,02% em julho, na comparação anual, seguido pelo ramo de veículos, motos, partes e peças, que apresentará queda de 50,99%.

O comércio de tecidos, vestuário e calçados deverá vender 48,93% a menos, e as lojas de outros artigos de uso pessoal e doméstico terão queda de 36,01% nas vendas.

Segundo a pesquisa, a comercialização de móveis e eletrodomésticos terá retração de 28,21% em julho, e o varejo de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação venderá 28,60% a menos.

O Ibevar projeta ainda queda de 26,01% nas vendas do varejo de materiais de construção e de 20% em combustíveis e lubrificantes.

Por outro lado, os Hipermercados, supermercados, comércio de produtos alimentícios, bebidas e fumo vão aumentar as vendas em 16,30%, em julho contra igual período do ano anterior.

A categoria que deve apresentar crescimento também em julho é a de artigos farmacêuticos, com 8,54%, informa a pesquisa.

FUTEBOL

Um estudo da consultoria Sports Value revelou que a pandemia acarretará uma perda de pelo menos R$ 1,8 bilhão ao futebol brasileiro neste ano, o que representa 29% menos do que os R$ 6,1 bilhões registrados em 2019. A perda máxima será de R$ 2,5 bilhões, o que significa 37% a menos. “Dependendo de como os clubes reagirem à crise, e como se comportará o mercado de transferências, podemos apresentar receitas similares a 2010/2011”, afirma o relatório, divulgado pelo site “Exame”. Os ganhos com direitos de TV podem cair até R$ 500 milhões de reais, enquanto o montante faturado com transferências de atletas deve ser reduzido em cerca de R$ 800 milhões.

BOICOTE

A marca norte-americana The North Face anunciou que fará parte de um movimento que pede o boicote de anúncios no Facebook. A iniciativa #stophateforprofit foi proposta por grupos de direitos civis que exigem que o Facebook seja “menos complacente” com mensagens de ódios publicadas na rede social. “A campanha é uma resposta à longa história do Facebook de permitir que conteúdo racista, violento e falso seja disseminado em sua plataforma”, afirma o movimento.

Grupos como NAACP, Free Pass e Sleeping Giants publicaram um anúncio de página inteira no jornal The Los Angeles Times, pedindo que as marcas não anunciassem na empresa de Marck Zuckerberg em julho. “Hoje, pedimos a todas as empresas que se solidarizem com nossos valores americanos, como liberdade, igualdade e justiça, e não anunciem nos serviços do Facebook em julho”, diz o texto.

A The Norte Face, entretanto, não vai esperar o mês de julho para interromper sua publicidade paga no Facebook. Segundo o AdAge, a marca já deixou de anunciar na rede e só retornará quando “políticas mais rígidas sejam adotadas para impedir que conteúdo racista, violento ou de ódio e desinformação circulem na plataforma”.

VAGA SOLIDÁRIA

Ser solidário é aderir à alguma causa e apoiar de forma completa. A ONG Rede Cidadã é uma das primeiras organizações a investir no trabalho social através do reingresso de pessoas em situação de vulnerabilidade social ao mercado de trabalho. Uma de suas diretrizes são as vagas solidárias, que surgiram a partir da inovação da cultura organizacional nas empresas.

De acordo com Maria da Glória Yacoub, analista de território da Rede Cidadã, a vaga solidária é quando uma empresa dá a oportunidade de trabalho para pessoas treinadas pela ONG retornarem ao mercado. “Quando a empresa se solidariza, ela está apoiando essa ideia de que é bem mais do que ter compaixão com quem está passando por um momento difícil e sim acolher e valorizar o ser”, explica.

Tive o prazer de estabelecer o processo de contratação com a empresa Soldasul, onde fui conversar sobre o projeto e perfil dos nossos candidatos. No momento que entrei na empresa vi que era inclusiva e com pessoas diversas trabalhando, desde jovens a maduros”, relata Maria da Glória. Ela conta que o processo é também sensibilizar o empresário e levar o ideal de ajudar sem olhar a quem. “Foram ofertadas duas vagas no estoque, um setor crucial na empresa”, conta.

Segundo Marcio de Carvalho, diretor da Soldasul, a primeira impressão dos candidatos às vagas oferecidas pela empresa foi muito boa, com boa qualificação. “Quando me apresentaram o projeto, quis ajudar e contratar pessoas que realmente precisavam, que iriam dar valor aquela vaga”, informa. A Rede Cidadã iniciou suas atividades em Porto Alegre no início de janeiro e está em busca de parceiros para viabilizar a abertura de vagas em empresas.

LEIA MAIS

DESTAQUE: “Uma Crise É Um Grande Teste De Proposta De Valor De Uma Empresa” – José Galló

ESPECIAL:“A Crise É Uma Oportunidade De Se Reinventar” – Cláudia Da Mkt House

VÍDEOS: SPR Cria Filme Para Farmácias Associadas Para Mostrar A Importância Dos Profissionais Das Farmácias Durante A Pandemia

Tem OPINIÃO, CHARGE do talentoso Cado Bottega e ARTIGOS: de Patricia Angeletti – Diretora de mídia da agência W3haus Porto Alegre; Guilherme Novello – Estudante; Carla SandlerEspecialista e Mentora em Processos Industriais, Melhoria Contínua e Indústria 4.0; Marco Antônio Campos- Advogado e sócio do escritório Campos Escritórios Associados e do nosso articulista José Maurício Pires Alves.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *