É MELHOR VENDER MAIS OU LUCRAR MAIS?

A crise da Covid-19, sem dúvida, foi a maior das últimas décadas. Mas já podemos dizer que o pior ficou para trás e a questão agora é como aproveitar a (lenta) retomada da economia para voltar a equilibrar os negócios. E aqui vale uma dica inicial muito importante. Não volte sua atenção para aumentar o faturamento da sua empresa. Esteja atento para ampliar os lucros e o seu patrimônio.

Isso porque, nem sempre vender mais significa lucrar mais. Elevar o faturamento, dependendo de como ocorrer, também é sinônimo de reduzir o lucro da empresa e, consequentemente, seu valor. Portanto, nesta retomada da atividade econômica, tenha como objetivo aumentar seu lucro.
Partindo da estimativa do valor atual, você deve estabelecer metas desafiadoras, porém alcançáveis. Evite o erro comum de superestimar sua capacidade de realização em um ano e subestimar a capacidade de entrega em três ou cinco anos. Adote a gestão do pouquinho. Os pequenos ganhos se transformam em ganhos exponenciais ao longo do tempo, principalmente quando obtidos de maneira consistente.
 Focar principalmente nas ações sob as quais você tem um maior controle. Não perca tempo tentando adivinhar o crescimento do PIB, a evolução do câmbio ou da taxa de juros nos próximos meses. O seu tempo será melhor investido preparando a sua empresa para se adaptar rapidamente a cada possível cenário futuro.
Não espere crescer para ser eficiente. Além disso, não faz sentido, sobretudo neste momento difícil, crescer com margens negativas. Então, elimine do seu portfólio clientes (isso mesmo!), produtos e serviços que não sejam rentáveis.
Na outra ponta, desenvolva com os seus fornecedores relacionamentos próximos e baseados no “ganha-ganha”, visando a diminuição constante dos seus custos de venda.
 Avalie o percentual de despesas sobre o faturamento todos os meses e estude como a tecnologia pode tornar a sua operação menos custosa.
 Mesmo que você esteja com pouco caixa, com a redução da taxa Selic ao nível mais baixo da história, você tem a possibilidade de tentar trocar dívida cara (empréstimos bancários, por exemplo) por uma nova, porém, mais barata.
Serão os lucros que permitirão a sua empresa crescer no futuro. Em um mundo ideal, devemos buscar o crescimento tanto dos lucros, quanto das vendas. Mas, sempre e quando tiver que optar, não hesite e escolha o lucro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *