NOTAS DA SEMANA – 21-08-20

LIVE ESPECIAL GAV/RS

O GAV/RS (Grupo de Atendimento de Veículos de Comunicação do RS) realizará uma Live no dia 27 de agosto, das 9h às 10h, com Pyr Marcondes abordando o tema: “O impacto das novas tecnologias no futuro do marketing”.

Essa Live especial será transmitida pela plataforma Zoom e contará com toda expertise do palestrante Pyr Marcondes, que entre tantas coisas, é jornalista, comerciante, consultor e autor de livros.

O extenso currículo de Pyr mostra que ele foi repórter da revista IstoÉ, do Jornal da Tarde e da revista Playboy. Trabalhou como Diretor Editorial do Grupo Meio & Mensagem nos anos 90. Foi sócio e diretor de criação da agência de publicidade Grottera & Cia. (TBWA) por 10 anos. Ele também foi o Country Manager do portal de internet StarMedia no Brasil. Fundou e gerenciou a Digital Strategy, uma empresa de consultoria em marketing e comunicação digital. Foi sócio e diretor de marketing da FUN Generation, uma empresa de marketing móvel. Fundou e lançou em 2005 no Brasil, o projeto de marca internacional SUPERBRANDS. Também já atuou como consultor adjunto da BrandFinance, empresa inglesa de consultoria de marcas em 2004.

Atualmente, é diretor geral do Núcleo ProXXIma ou ProXXIma Hub do Grupo M & M, uma plataforma integrada composta de uma revista trimestral, um portal sobre notícias de hardware e um evento anual. Também atua como gerente geral da unidade M & M Consulting do Grupo M & M. Além de assessorar e investir em startups como iSportistics, Fala!, mLabs, Neomode, Noalvo e NetCos.
Esse será o quarto evento online realizado pelo GAV/RS neste ano de 2020. Mesmo com a pandemia, a nova diretoria encontrou caminhos para seguir compartilhando conhecimento e informação para os sócios e também para todo o mercado de atendimentos, agências e clientes. Grandes encontros foram realizados com muita troca de experiências e cases. E o próximo evento promete trazer ainda mais conhecimento sobre como será o futuro do marketing com o impacto das novas tecnologias em nossas vidas.

RELÓGIO FRIO

No dia mais frio do ano, 21 de agosto, o primeiro relógio de rua de Porto Alegre não funcionou, congelando as informações.

BLACK FRIDAY NA GLOBO

Na próxima segunda-feira, 24 de agosto, a Globo irá promover o evento ‘Muito
Além da Black Friday’. Um encontro para falar de comportamento do
consumidor, oportunidades para a data (que ganha ainda mais relevância
em 2020, no contexto da pandemia) e apresentar o pacote comercial,
especial e totalmente integrado, que a Globo preparou para a data este
ano – sobre esse ponto, um destaque importante: esse é o primeiro
grande projeto comercial que estamos levando para o mercado depois da
fusão das empresas, então conta com entregas bastante amplas, que podem
ser aproveitadas por agências e anunciantes de todos os tamanhos e que
se destaca por um cuidado inédito na mensuração dos resultados, através
de diferentes ferramentas de análise de dados.
Com participação especial de Marcelo Adnet, o evento começa com um
esquete, bem humorado, sobre situações engraçadas enfrentadas pelos
consumidores na Black Friday. Na sequência, o time de Inteligência de
Mercado da Globo compartilha insights de uma pesquisa inédita,
realizada com brasileiros de todas as regiões do país, sobre suas
intenções de compra e sua relação com a data em 2020. As novidades do
pacote comercial serão apresentadas na sequência, pelo time de
diretores da Diretoria de Negócios Integrados em Publicidade da Globo,
com destaque para as entregas multisserviço, em todas as plataformas da
empresa, a possibilidade de customização, para atender as demandas de
grandes, médios e pequenos empresários, além da criação do Globo Brand
Space, desenvolvido especialmente para a Black Friday 2020.
Totalmente digital, o encontro será entre 15h e 16h em uma plataforma
especial, com acesso liberado via e-mail.

NO MERCADO

A partir do dia primeiro de setembro estará de volta ao mercado Paulo Fernandes que por longo tempo foi Diretor da Globo Sul.

LIVE: MARKETING, E AGORA?

O evento que aconteceu na segunda-feira (17) e que contou com a presença de grandes profissionais de marketing aqui do Rio Grande do Sul foi um espetáculo online. A Live Marketing, E agora proporcionou um ambiente aberto e descontraído para novas ideias.

Os convidados foram questionados sobre a importância do marketing durante a pandemia para superar os novos desafios e como que estão fazendo para lidar com isso.

Quem não conseguiu participar pode assistir novamente na página do Facebook do Clube de Criação RS.

O evento também contou com o apoio da ARP e Sinapro RS.

BANRISUL

Foi suspensa a licitação do Banrisul que colocava a Matriz, Escala City e Moove como agências para atender a conta nos próximos anos. Assim, com essa suspensão a conta segue sendo atendida pela Centro, Matriz e Moove. Até que seja decidida a nova concorrência.

PODCAST DA COLUNA DO NENÊ

A segunda edição já foi ao ar nessa quarta-feira (19) com a convidada Eliana Azeredo, Diretora da Capacità Eventos.

A próxima edição acontece na próxima quarta-feira e recebe Juan Pablo Boeira, Head de Marketing e Inovação do Innovation Center para bater um papo sobre o evento Innovation Weekend, o primeiro Festival Phygital de inovação e negócios que acontece no final de semana dos dias 26 e 27 de setembro (sábado e domingo).

Siga o Podcast da Coluna do Nenê no Spotify:

https://open.spotify.com/show/0z3kbzEJ1VuPPhvUxvr6Zb?si=AemRw1yxSzizfUj74F5NmQ

EVENTOS

Um dos setores econômicos completamente parados desde março devido à pandemia do novo coronavírus pode ser um dos próximos a voltar à atividade. A retomada dos eventos, mas com restrições, foi tratada em reunião na quarta-feira (19) entre representantes do setor e integrantes do governo estadual. Se liberados, eventos corporativos e empresariais deverão ser o marco para a reativação das atividades.

FEEVALE

Desafio Tramontina

A Tramontina lançou, em parceria com a Universidade Feevale, um desafio para estudantes matriculados nos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design de Interiores da Instituição. Para participarem do Desafio Tramontina e concorrerem a uma premiação, os alunos deverão apresentar um projeto de cozinha que contemple produtos da empresa.

Conforme Jocinei Kurmann, analista de vendas da Tramontina, a empresa quer acompanhar os acadêmicos na busca da profissionalização e reconhece a importância dos profissionais dessas áreas, principalmente no desenvolvimento de soluções em seus projetos. “A nossa intenção é contribuir com o conhecimento dos estudantes, apresentando uma variedade de produtos que aliam beleza, tecnologia e funcionalidade, agregando muito aos projetos de cozinha”, afirma.

O professor Eduardo Reuter Schneck considera esse desafio muito importante, pois permite que os acadêmicos da Instituição experimentem a realidade do mercado, através do conhecimento aprofundado dos diferentes produtos que irão especificar. “A proposta também os desafia a aplicar, de forma criativa, esse catálogo de produtos da Tramontina”, destaca.

COMO PARTICIPAR

A inscrição ocorre de forma automática, após o estudante participar de um workshop Tramontina, onde são apresentadas diversas soluções e produtos que a empresa oferece, além de dicas que contribuirão para o desenvolvimento do projeto e esclarecimento de dúvidas. O primeiro workshop acontecerá às 9h30min da próxima terça-feira, dia 25.  As demais datas serão divulgadas posteriormente, no Instagram dos cursos de Arquitetura e Urbanismo @arquiteturafeevale e Design de Interiores @designdeinterioresfeevale .

Os candidatos terão que enviar para a Tramontina, até as 23h59min do dia 1º de dezembro, um projeto de cozinha que contemple produtos da empresa. A apresentação deverá ser feita através de plantas baixas, vistas (elevações) e perspectivas (imagens 3D), em até cinco pranchas no formato A3. As pranchas deverão ser devidamente identificadas com selo, contendo nome do estudante, curso, disciplina e professor responsável.

A Tramontina sugere que seja utilizada a escala 1:20 ou menor, devendo sempre serem respeitadas as normas técnicas de desenho. Também deve constar uma breve apresentação do projeto (briefing, cliente, conceito etc.), preferencialmente através de síntese gráfica, bem como a listagem completa dos equipamentos Tramontina especificados.

AVALIAÇÃO

A escolha dos melhores projetos será feita por uma comissão julgadora formada por representantes da empresa. Serão analisados alguns aspectos, como o amplo uso de produtos Tramontina. Itens como coifas, fornos, micro-ondas, cooktops, lixeiras, cubas, misturadores e torneiras, calhas-úmidas, dosador de sabão, tanques e acessórios para pias e cubas, por exemplo, deverão ser da marca Tramontina.

Não é obrigatória a utilização de mais itens da Tramontina, como panelas, móveis, eletroportáteis e objetos para ambientação, mas o uso será bem visto. Também deverá ser explorada a versatilidade dos produtos e verificado o posicionamento correto dos produtos no projeto, visando questões de segurança e ergonomia ao usuário. Ainda serão observados aspectos como originalidade e aplicação de novas tendências, criatividade, aproveitamento de espaços, funcionalidade, ergonomia, estética e correta representação técnica dos elementos.

PREMIAÇÃO

São permitidos projetos elaborados em grupo, desde que todos os integrantes tenham participado do workshop Tramontina. Entretanto, a premiação é única ao projeto, ficando a cargo do grupo a decisão de como será aproveitada.

O melhor projeto do curso de Arquitetura e Urbanismo e o melhor do curso de Design de Interiores receberão da Tramontina, como premiação, um Cooktop Portátil Slim Touch EI 30. A divulgação dos vencedores ocorrerá em até 10 dias após a data final de entrega dos projetos. O prêmio será entregue em até 20 dias após a divulgação dos vencedores.

Mais informações podem ser obtidas no Centro de Arquitetura e Urbanismo da Feevale, pelo e-mail  CAU@FEEVALE.BR .

Podcast da Feevale alertam sobre a violência

Com o objetivo de conscientizar e alertar a comunidade sobre o aumento da violência doméstica, a Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão (Proppex) da Universidade Feevale, divulgará, a partir do dia 18 de agosto, uma série de podcasts sobre o tema. O material, produzido pela acadêmica de Jornalismo Daiani Aguiar, contém três episódios, com pautas relacionadas a maus tratos contra a mulher, idosos e pessoas com deficiência (PCDs), principalmente crianças. Eles serão publicados na página do PodcastOn Revista Feevale, do Núcleo de Rádio da Feevale, no Facebook.   
Para a construção dos programas, Daiani entrevistou três professoras e líderes de projetos sociais e de pesquisa da Feevale: Lisiana Carraro, do Núcleo de Apoio aos Direitos da Mulher (Nadim) e do Centro de difusão e de defesa dos direitos humanos; Denise Ruttke Dillenburg Osorio, do Envelhecimento saudável e redes de suporte social; e Jacinta Sidegum Renner, do projeto de pesquisa Desenvolvimento de produtos e ações educativas para usuários de cadeira de rodas: um enfoque para ergonomia, saúde e qualidade de vida. 

Indústria 4.0

A Universidade Feevale aderiu à Rede RS Indústria 4.0, uma cadeia de entidades, empresas e universidades que visa integrar esforços e recursos para alavancar a competitividade da indústria no Rio Grande do Sul e desenvolver o ecossistema de Indústria 4.0. Com apoio do Governo do Estado, a Rede tem como objetivos alinhar as atividades das diferentes entidades e unir esforços e recursos disponíveis para ter o maior impacto no ecossistema do RS. Também será um canal formal para considerar os requisitos no desenvolvimento da Indústria 4.0., garantindo que as demandas e necessidades de diferentes setores sejam ouvidas e colaborando, assim, com o desenvolvimento de políticas públicas para o segmento.

Conforme a professora e assessora de Pesquisa Ana Carolina Kayser, que representou a Feevale na primeira reunião da Rede, a partir de agora, a Universidade atuará como parceira, com o objetivo de aproximar a indústria das atividades de pesquisa desenvolvidas na Instituição. “Para a Feevale, será importante a inserção na Rede RS Indústria 4.0 em função das contribuições que os trabalhos desenvolvidos no âmbito da pesquisa e da pós-graduação poderão realizar às empresas e entidades do Estado, fortalecendo os laços com o setor industrial e possibilitando consolidar a pesquisa aplicada aqui desenvolvida”, explica.

Para Néstor Fabián Ayala, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e coordenador da Rede, a Indústria 4.0 já não é o futuro, é o presente. “Temos muito conhecimento sobre o assunto nas universidades e ICTs (institutos de ciência e tecnologia), assim como várias instituições e entidades engajadas para que a indústria gaúcha aproveite as oportunidades que esta nova revolução industrial traz em termos de produtividade, inovação e novos negócios. A Indústria Gaúcha tem totais condições de entrar na Indústria 4.0, mas para que isso aconteça de forma rápida, é essencial a colaboração e união de esforços para aumentar a efetividade das ações de apoio e fomento a nossas empresas. Este é o objetivo da Rede RS Indústria 4.0.”, afirma.

Integram a Rede RS Indústria 4.0, além da Universidade Feevale: Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs); Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Instituto Euvaldo Lodi (IEL); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Universidade Luterana do Brasil (Ulbra); Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS); Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos); Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee); Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados); Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq); e Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Regional RS (Assespro RS). O apoio é do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

CDL POA

‘O comércio está aberto, agora só depende de você’. Com este lema, a CDL Porto Alegre inicia, nesta semana, uma campanha de conscientização voltada aos lojistas e aos consumidores para os cuidados ao combate à propagação do coronavírus. Uma equipe de divulgação percorrerá as principais regiões comerciais da Capital a fim de orientar sobre a importância do cumprimento de todos os protocolos necessários para a realização de uma compra segura, em que não haja transmissão do vírus.
A partir do estabelecimento de ambientes seguros, o objetivo dos empresários é a ampliação do período de abertura, que hoje é de quarta a sexta-feira, para quatro dias na semana, incluindo o sábado, equiparando-se ao decreto estadual. As lojas que forem visitadas pela equipe receberão um cartaz com os dizeres: ‘Aqui tem compra segura’. Para o presidente da CDL POA, Irio Piva, a responsabilidade pela redução do contágio é de todos os cidadãos. “Esta retomada, de forma parcial, foi uma primeira conquista para o setor. Para atingirmos a recuperação plena das nossas atividades, enquanto sociedade, precisamos que todos se conscientizem e façam a sua parte”.

SBT

O SBT celebrou nesta quarta-feira (19) o seu 39º aniversário, com um vídeo promocional.

No clima comemorativo foi anunciado o cargo da presidência para Renata Abravanel, a caçula de Silvio Santos, preparada especialmente para o posto administrativo das empresas do pai.

Guilherme Stoliar, sobrinho de Silvio e primo de Renata, deixou o cargo após dez anos e permanecerá como consultor.

Com a chegada de Renata, Silvio consolida a presença de todas as herdeiras em postos do SBT e a expectativa é de dias melhores para a casa.

KANTAR

Kantar lançou na semana passada o Projeto Moonshot, sua nova plataforma global de medição de eficácia de publicidade com base no universo digital. A ferramenta estabelece integrações diretas de dados com empresas como Google, Pandora e a plataforma de anúncios Anzu, para avaliar o impacto da comunicação sob o ponto de vista de marcas e conversão em vendas. De acordo com a Kantar, o projeto também conta com parcerias com outros players digitais como Dish, Pinterest, Roku, Snap, Spotify e Twitter para medições sem cookies. Segundo a empresa, na somatória de seu portfólio de dados, o projeto agora tem parceria operacional ou está em testes avançados com a maioria dos principais publishers e aplicativos do mundo.

A expectativa da Kantar é monitorar 95% dos gastos globais com anúncios digitais, integrando 250 publishers em medições cross-publishers na plataforma até o final de 2021. Além disso, uma das preocupações é fazer com que a ferramenta use dados e tecnologia de última geração, compatível com privacidade, para migrar o setor da medição baseada em cookies para integrações diretas com os publishers. A ideia da Kantar, neste sentido, é que a ferramenta esteja alinhada com as mudanças que a publicidade digital está presenciando no momento, sobretudo na forma de comprar e vender anúncios.

O Google, por exemplo, anunciou oficialmente em janeiro deste ano que pretende acabar com os cookies de rastreamento de terceiros em seu navegador Chrome dentro de dois anos. Para a empresa, os cookies já foram o alicerce da segmentação de usuários por meio de publicidade programática, mas o aumento dos bloqueadores de anúncios e a prática dos consumidores de limpar seus cookies tem prejudicado a sua eficácia. Soma-se a isso a necessidade de munir o usuário de maior privacidade de dados, exigência de regulamentações já em andamento em diversos países do mundo.

A Kantar também pretende que a plataforma seja uma opção de medição da eficácia dos anúncios integrada e independente entre todos os publishers dentro de um plano de mídia, incluindo soluções de pesquisa para Walled Garden (plataformas fechadas para mensuração) e campanhas cross-publishers. “Até agora, anunciantes e agências de mídia conseguiam medir a eficácia de sua publicidade online com muitos publishers, usando cookies de rastreamento. Com o desaparecimento dos cookies de terceiros, nós desenvolvemos novas maneiras de avaliar a eficácia, usando uma combinação de metodologias, incluindo integrações diretas e medição probabilística”, afirma Maura Coracini, diretora e líder de mídia de insights da Kantar Brasil.

Como argumento de desenvolvimento do seu projeto, a Kantar ainda menciona seu estudo Getting Media Right, que aponta que a avaliação holística, consistente e transparente da eficácia da publicidade em todas as plataformas, incluindo plataformas de mídia social e walled gardens, é identificada como um grande desafio por 75% dos maiores anunciantes do mundo.  A pesquisa da Kantar indica que 80% dos profissionais de marketing confiam na avaliação de terceiros, em comparação com pouco mais de 40% que confiam nos dados de publishers individuais ou plataformas de mídia.

“POSSO ENTRAR?” 

Depois de pedir licença para entrar na casa de diversos gaúchos e, de lá, contar histórias reais e inspiradoras, agora Cris Silva retorna à programação da RBS TV entrando na casa dos telespectadores de um jeito diferente: virtualmente. Essa é a proposta da segunda temporada do “Posso Entrar?”, atração de entretenimento das tardes de sábado que, a partir do dia 5 de setembro, retorna em um novo formato, com dez novos episódios, explorando as boas ações, transformações positivas e atitudes exemplares que surgiram a partir desta nova realidade. 

Ancorando o programa diretamente do estúdio da RBS TV, agora a apresentadora vai receber os convidados por meio de entrevistas online e depoimentos em vídeos. Cada episódio pautará um tema diferente, que será abordado a partir de conteúdos e de pequenas histórias que se conectam. Como participantes da atração, além das famílias anônimas, o programa irá encurtar distâncias e trará personagens do interior do Estado, além de convidados especiais conhecidos pelo público.  

– Assim como todo mundo, o Posso Entrar? passou por transformações para colocarmos o programa no ar. Mas a essência continua a mesma: boas histórias, pessoas que inspiram, diversão, um programa leve que, agora, está em uma versão um pouco mais digital. Eu estou realmente muito feliz, porque foi um programa pensado com toda a equipe da RBS TV, com a produtora e com os patrocinadores, e nós chegamos nesse formato que acreditamos muito – destaca Cris Silva. 

Para compor os episódios, semanalmente o público será convidado, por meio de chamadas ao longo da programação da RBS TV e das redes sociais (@realcris.silva e @RBSTV), a enviar relatos em vídeo para o programa. Os telespectadores podem mandar o conteúdo para o WhatsApp (51) 99388-5555. Além disso, em seu perfil, Cris fará transmissões ao vivo toda semana, por onde irá chamar alguns de seus seguidores para um bate-papo e os melhores conteúdos serão veiculados no programa.  

Aproximando-se do atual contexto, o cenário da nova temporada simula uma casa, local onde muitas pessoas têm passado a maior parte do dia, e é decorado com quadros de artistas gaúchos, que são indicados pelo público. Além disso, as músicas que serão utilizadas como trilha do programa são de artistas regionais, e no fim de cada episódio elas estarão disponíveis no site do “Posso Entrar”. Juntas, as iniciativas têm como propósito valorizar a classe artística, que também está enfrentando as limitações da pandemia.  

Lojas Lebes, Bettanin e Tintas Renner são os patrocinadores desta temporada. Os episódios vão ao ar a partir das 14h, após o Jornal Hoje. 

APPCAST

Valorização de iniciativas sociais, aumento do consumo online, inovação e versatilidade (com as equipes trabalhando em casa) e a humanização da comunicação. Estes foram só alguns dos assuntos que debatemos sobre as novas prioridades do nosso mercado. Esta conversa contou com as presenças de:

Nelcina Tropardi  (Heineken e ABA)

Caio Barsotti (CENP)

Ênio Vergeiro (Q&A e APP)

Mario D’Andrea (Dentsu McgarryBowen Brasil e ABAP)

O #APPCAST conta com o apoio do time da Compasso Coolab.

https://open.spotify.com/episode/1Mj1sBUbjCzVr4OiV3ApWd?si=QzMWu68xSfeTPpP9TfLYfw

OUTBACK

Nesse momento em que clientes e empresas continuam se adaptando às novas normas de segurança por conta da Covid-19, algumas medidas simples, mas muito efetivas, estão contribuindo para resgatar parte da experiência face a face. Nesse sentido, os atendentes e recepcionistas do Outback Steakhouse passaram a usar um crachá estampado com um belo sorriso de cada um. A ideia foi desenvolvida a partir de um estudo liderado por Cati Brown-Johnson, pesquisadora da Universidade de Stanford, que identificou que o uso dessa mesma ferramenta por profissionais de saúde que trabalham no combate da Covid-19 contribui para o aumento do bem-estar dos pacientes e proporciona mais confiança em seus médicos.

Reconhecido por seu atendimento próximo e divertido, o Outback encontrou nesta inspiração uma forma de manter a forte conexão entre a marca e seus clientes, garantindo que, mesmo olhando para rostos protegidos por máscaras, o cliente pudesse reconhecer os atendentes e serem acolhidos pelo sorriso, sentindo o aconchego do ambiente e aproveitando a experiência como se estivessem sendo atendidos antes. O conceito desse novo passo do Outback é manter a sensação de proximidade, de empatia e hospitalidade.

Os restaurantes da marca no Espírito Santo (Vitória e Vila Velha),

>Balneário Camboriú, Florianópolis, e Curitiba já colocaram a iniciativa em prática. A previsão é que todos os restaurantes da marca no Brasil tenham os sorrisos nos uniformes a partir da primeira quinzena de setembro.

“O uso das máscaras é fundamental para mantermos a segurança no atendimento, mas queremos sempre manter essa forte conexão que já existe e vem se fortalecendo ao longo de décadas com nossos clientes.

Por meio dessa ação simples encontramos uma forma muito imediata de manter essa proximidade e continuar proporcionando calor humano no contato com nossos fãs. Com isso, queremos mostrar que, por trás do equipamento, seguimos firmes na missão de proporcionar momentos muito especiais sempre de forma acolhedora e hospitaleira”, explica Renata Lamarco, diretora de Marketing do Outback Brasil.

SINDILOJAS

Conheça a Planilha de Talentos com Profissionais de Comunicação, uma iniciativa que aproxima empresários e quase 300 profissionais de comunicação. O objetivo é promover um encontro que pode ser uma saída para superar as adversidades. A iniciativa foi desenvolvida inicialmente pelo publicitário Carlos Farneda, da agência Morya, e já conta com o apoio de entidades como a Associação Riograndense de Propaganda – ARP e Clube de Criação do RS.
Na planilha, você encontra profissionais de diversas áreas, uma excelente oportunidade para quem quer repensar sua comunicação, lançar um e-commerce, aumentar a presença nas redes sociais, explorar melhor canais como o WhatsApp e muito mais, transformando tudo isso em novas ferramentas de vendas.
Acesse e confira: bit.ly/talentosdisponiveis

NATURA

A Natura&Co (NTCO3) teve prejuízo de 392 milhões de reais no segundo trimestre, ante resultado positivo de 54 milhões obtido um ano antes, em meio aos impactos da pandemia de Covid-19 sobre suas vendas e um ataque hacker sofrido pela controlada Avon.

A companhia afirmou sem dar detalhes no balanço divulgado nesta quinta-feira que o “efeito de faseamento do incidente cibernético sobre as vendas” foi se cerca de 450 milhões de reais, “já capturados no terceiro trimestre”.

O valor corresponde à receita que teria sido capturada no segundo trimestre caso sem o incidente cibernético.

A Natura&Co divulgou o ataque hacker em 9 de junho e apenas em 26 de junho é que a empresa informou que a Avon havia retomado operações na maioria dos mercados onde atua após o restabelecimento dos sistemas.

A empresa teve no segundo trimestre geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos e depreciação (Ebitda) de 652 milhões de reais, queda de 25,4% no comparativo anual. A receita líquida recuou 12,7%, para cerca de 7 bilhões de reais.

A Natura&Co afirmou que as vendas de comércio eletrônico subiram 225% no trimestre ante um ano antes e que vai relançar a marca Avon no terceiro trimestre “com um novo modelo comercial”.

IAB BRASIL

Serão 300 pessoas selecionadas para a certificação Digital Fundamentals, que oferece a base de conhecimento para atuação com publicidade digital.

O IAB Brasil https://iabbrasil.com.br/, principal associação do mercado de publicidade digital, vai capacitar e certificar gratuitamente 300 estudantes e profissionais que querem se especializar na área de publicidade digital com o apoio do Google. O suporte da plataforma de tecnologia à iniciativa faz parte das ações de capacitação e educação do Google para fomentar o desenvolvimento do mercado de publicidade digital no país.

Recém lançada pelo IAB Brasil, a certificação https://iabbrasil.com.br/certificacao/ Digital Fundamentals será oferecida pela primeira vez no país e inclui o desenvolvimento de competências fundamentais dos profissionais que atuam na área. A seleção dos candidatos ficará a cargo do Google e as vagas serão distribuídas entre profissionais de agências de publicidade, estudantes e profissionais que participam de iniciativas de diversidade e inclusão, como os grupos Indique uma Preta e Publicitários Negros.

“Apoiar a disseminação de conteúdo de qualidade sobre a publicidade digital é um dos pilares do relacionamento do Google com o mercado de agências”, diz Aline Moda, head de relações com agências do Google Brasil. “Nosso objetivo é permitir que os profissionais entendam cada vez mais sobre as plataformas digitais e possam usá-las com criatividade e excelência durante suas campanhas”.

Como forma de preparação para a prova, o IAB Brasil vai fornecer um treinamento a todos os integrantes do programa do Google, que engloba conteúdos como: conceitos do ambiente digital; formatos e peças; plataformas; modelos de negociação; formas de venda, entre outros. Após o curso preparatório, que será realizado nos dias 19 e 20 de agosto, entre 18h00 e 20h30, os participantes farão a prova de certificação nos dias 27 e 28 de agosto, em seu horário de escolha.

“O IAB Brasil, como representante da publicidade digital, entende que é preciso treinar e certificar os profissionais da área para assim reconhecermos os melhores talentos, além de promover a educação para o setor”, explica Luciana Corrêa, responsável pela área de educação do IAB Brasil.

Além da Certificação, o Google também apoia outras iniciativas do IAB Brasil, como o projeto “Formar para Transformar”, que oferece cursos sobre a publicidade digital e já capacitou 1,5 mil pessoas. Também são mantenedores do programa o UOL Ad Lab e a Verizon Media.

AMERICANAS

Os bilionários por trás da 3G Capital Partners pediram dinheiro emprestado ao Credit Suisse Group para comprar pelo menos R$ 2 bilhões na oferta pública de ações da varejista brasileira Lojas Americanas, de acordo com pessoas a par do assunto.

Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira usaram alavancagem para participar da oferta de R$ 7,87 bilhões da empresa no mês passado e manter sua participação de 61% do capital votante, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas porque o empréstimo é privado.

Do magnata Michael Klein, que detém a maior fatia na varejista Via Varejo, aos fundadores da fabricante de cosméticos Natura, os investidores mais ricos do Brasil estão tomando empréstimos para comprar ações nas ofertas de suas empresas diante da oportunidade de taxas de juros no Brasil e em outras grandes economias em mínimas históricas.

A estratégia permite que eles levantem dinheiro para suas empresas sem diluir suas participações. Os fundadores da Natura Luiz Seabra, Guilherme Leal e Pedro Passos pegaram dinheiro emprestado com o Banco Bradesco e o usaram para injetar pelo menos R$ 508,1 milhões na empresa como parte de um aumento de capital de cerca de R$ 2 bilhões, disseram as pessoas. A empresa brasileira de cosméticos, que comprou a Avon por cerca de US$ 2 bilhões em ações no início deste ano, estava procurando reduzir a alavancagem e aumentar seu caixa.

Klein comprou R$ 106 milhões da venda de ações de R$ 4,46 bilhões da Via Varejo em 16 de junho, uma transação que ainda reduziu sua participação na empresa de 11,6% para 9,9%, disse ele em um e-mail. Ele também pediu dinheiro emprestado ao Credit Suisse para essa transação, disseram as pessoas. A família Klein tinha uma participação de 27,4%, que caiu para 22,8% após a venda das ações, segundo Klein. Michael Klein vendeu ações no mercado e hoje a família tem fatia de 22,6%.

O Credit Suisse e os tomadores de empréstimos vinculados às Lojas Americanas, Natura e Via Varejo não quiseram comentar as transações de crédito.

O Bradesco não quis comentar sobre nenhum empréstimo específico, mas disse que tem apoiado “diversas histórias de crédito no mercado e o Bradesco BBI, por sua vez, está presente na maior parte de operações do mercado de capitais”. “Estamos muito ativos financiando nossos clientes, mesmo no período de crise, inclusive, acionistas de companhias que tem estruturado emissões para capitalizar suas empresas”, disse o banco.

Os brasileiros ricos do private banking tinham R$ 47,8 bilhões em crédito em junho, 19% a mais do que em dezembro, de acordo com a Anbima, a associação dos mercados de capitais do país.

TV

No último mês, o governo brasileiro publicou a portaria Interministerial nº 40 que determina que, a partir de 2021, 30% dos televisores Smart produzidos na Zona Franca de Manaus terão que ter o DTV Play (Perfil D do Ginga). Até 2023, a perspectiva é que 90% destes tenham a tecnologia embarcada.

Com a normativa, a solução desenvolvida pelo Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (Fórum SBTVD), trará ainda mais benefícios tanto aos consumidores de TV, quanto a todo o setor.

A inovação vai mudar a forma de o brasileiro assistir televisão. Com o uso do novo middleware, os telespectadores conseguirão ter outras experiências sem sair do ambiente da TV aberta que já estão acostumados. Na prática, isso significa que assistir ao conteúdo vindo da TV ou da internet não fará diferença. O que se pretende agora é integrar o que há de melhor entre os dois mundos.

“Se você estiver assistindo um conteúdo linear da TV e quiser por exemplo consumir ainda mais daquele mesmo conteúdo ou relacionados de forma não-linear (ou on-demand), basta navegar pela tela da TV e PLAY. Queremos que essa transição seja algo simples e natural”, explica José Marcelo Amaral, presidente do Fórum SBTVD.

Com a solução, ao trafegar na internet, via TV, o usuário terá a opção de receber alertas de programas do mesmo segmento que estão sendo transmitidos naquele momento na TV aberta, e até mesmo informações a respeito de uma programação preterida, como início ou o placar de uma partida de futebol. Também terão acesso a conteúdos personalizados, mesmo durante o intervalo comercial.

As emissoras poderão ofertar aos telespectadores novas vivências. “O DTV Play possibilitará que o consumidor assista uma programação mais personalizada, que atenda suas expectativas, além da participação em pesquisas, enquetes e quizzes da programação da TV aberta pelo controle remoto, sem custo algum. Por exemplo, será possível votar para que um participante de um reality seja eliminado do programa de forma on-line e real-time”, destaca José Marcelo Amaral.

Benefícios para o setor

O targeted advertising é um dos recursos previstos no DTV Play. Por meio dele, as emissoras conseguirão direcionar as propagandas para uma região ou para um telespectador específico, de acordo com o seu interesse pessoal, tal como ocorre na internet. Além de propiciar a personalização dos conteúdos, a estratégia tem como objetivo o estabelecimento de novos modelos de negócio, impactando diretamente no aumento de receita dos anunciantes, emissoras e de outros players do setor.

“Os consumidores terão uma experiência singular, bem próxima da realidade encontrada atualmente ao usar um computador ou smartphone. Isso, de fato, deverá impactar positivamente na maneira de fazer negócios de toda a cadeia”, ressalta o presidente do Fórum SBTVD.

Com o DTV Play, as emissoras, ainda, terão a possibilidade de desenvolver e implementar novos produtos, como é o caso do comércio eletrônico via TV. A ferramenta, denominada “t-commerce”, apresentada recentemente por uma das emissoras nacionais, permite que os telespectadores comprem, via controle remoto, produtos ofertados na programação aberta. Ao pressionar o botão vermelho do controle remoto, é possível visualizar um carrossel de artigos disponíveis, acompanhados de QR Codes que levavam o consumidor para lojas virtuais.

Já os fabricantes de TVs, transmissores, indústria de software, universidade e centros de pesquisa e desenvolvimento terão novas demandas para atender à evolução tecnológica existente e futura.

Uso do selo da tecnologia

O DTV Play é resultado do trabalho conjunto dos setores de academia, radiodifusão, recepção, software, transmissão e do governo brasileiro, que compõem o Fórum SBTVD. O selo só poderá ser utilizado por empresas associadas à entidade.

APPLE

A primeira empresa privada da história a atingir a marca de US$ 1 trilhão de valuation acaba de se tornar a primeira também a romper a barreira do segundo trilhão.
Fundada em 1976, a Apple levou 42 anos para atingir o primeiro trilhão de dólares em valor de mercado.
Para somar o segundo trilhão, foram necessários apenas 2 anos. Em agosto de 2018 bateu a primeira marca e agora, em agosto de 2020, quebra esse novo recorde.
A lista das empresas trilionárias continua com:
– Amazon, com US$ 1,65 trilhão
– Microsoft, com US$ 1.59 trilhão
– Google, com US$ 1,06 trilhão
De onde vem todo o dinheiro da Apple, aliás?
– 54,7% da receita vem da venda do iPhone.
– 17,8% vem da área de serviços: Apple Pay, Music e Tv.
– 9,9% têm a venda do Mac como origem.
– 8,2% vem da venda de iPad.
– 9,4% restantes vem de Apple Watch, AirPods, etc.
Geograficamente falando, a receita se divide assim:
– Américas: 45%
– Europa: 23%
– China: 17%
– Japão: 8%
– Outros países da Ásia: 7%
O maior acionista da Apple detém em torno de 7% da empresa. É o Vanguard Group. Na cola aparece Warren Buffett, que detém algo em torno de 5%.
HEINEKEN

O Grupo HEINEKEN no Brasil, segunda maior cervejaria do País, e o Hospital Israelita Albert Einstein, referência nacional no setor hospitalar e de saúde, se unem para a iniciativa que visa auxiliar donos de bares e restaurantes de todo o Brasil no enfrentamento da pandemia da COVID-19. Batizado de De Volta Ao Bar, o projeto consiste em uma plataforma de conteúdo e aprendizagem eletrônica em que os donos dos bares e restaurantes receberão com recomendações de boas práticas a fim de garantir o bem-estar e segurança de suas equipes e de seus clientes, e evitando uma nova onda de fechamento dos estabelecimentos. A plataforma está disponível para os sistemas Android e IOS, além da versão desktop.

O projeto conta com uma jornada de 15 módulos de conteúdo, que abordam diversos temas na área da saúde e cuidados necessários para a reabertura dos estabelecimentos, em linha com as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde), como: boas práticas para manter o ambiente seguro, recomendações de limpeza e higiene do local, controle de entrada de clientes, entre outros.

Seguimos apostando no poder da união para tentarmos minimizar as consequências desta crise. Em respeito aos bares e restaurantes, grandes parceiros do nosso negócio, e a seus clientes, demos mais um passo em nossas atitudes, com uma parceria inédita e inovadora para criar o projeto ‘De Volta Ao Bar. Acreditamos que esta iniciativa busca unir esforços para que o bar também seja um ambiente seguro para todos, conta Mauricio Giamellaro, presidente do Grupo HEINEKEN no Brasil.

A plataforma surge para complementar o Brinde do Bem, uma grande frente de atuação do Grupo HEINEKEN no auxílio aos donos de bares e restaurantes. Ao todo, mais de 17 mil estabelecimentos de todas as regiões do País receberão acesso à plataforma do De Volta ao Bar e, após a conclusão do treinamento, receberão um certificado oficial das duas empresas, que poderá ser utilizado em seus estabelecimentos.

Saiba mais sobre a ação De Volta ao Bar em www.devoltaaobar.com.br

PROGRAMAS EMERGENCIAIS

Segundo estudos da USP e do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento), os programas emergenciais de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus levaram à redução temporária da desigualdade no Brasil. Só o auxílio emergencial, por exemplo, evitou a queda de 23,5 milhões de brasileiros para a pobreza. Além disso, outras 5,5 milhões de pessoas tiveram aumento de renda com a ajuda do governo. Sem essas ações federais, o estudo aponta que a desigualdade teria crescido de forma acentuada.

BASF

A BASF é uma das principais fornecedoras para a indústria calçadista e, além de soluções, a companhia busca oferecer inovação e tecnologia para seus clientes. E é isso o que ela vai levar na segunda edição deste ano do Inspiramais, que acontece virtualmente entre os dias 25 e 27 de agosto.

Único evento voltado para design e inovação da América Latina, o Inspiramais expõe os lançamentos de mais de mil materiais desenvolvidos pelas empresas participantes. Nesta edição, a BASF (em parceria com a Tecpol e a Additiva 3D Printing) traz uma proposta de chinelos nas versões feminina e masculina, compostas por poliuretano (PU) – solução que permite maior flexibilidade para desing e conforto – e TPU via impressão 3D, uma inovação no mercado de calçados.

Para isso, estará exposto na plataforma virtual da edição do evento o seu protótipo de chinelo inspirado no universo das motocicletas. “Apesar de termos uma forte presença na produção de tênis, o segmento de chinelos ainda não se aventurou em usar materiais como o poliuretano para a fabricação de seus calçados. Nosso objetivo é mostrar as vantagens que essa solução pode levar para as marcas, além da grande versatilidade de design que os materiais oferecem“, explica Heitor Barbosa, gerente do negócio de calçados para BASF América do Sul.

O protótipo do chinelo vai estar online na plataforma do evento. Os visitantes poderão conferir via realidade virtual, toda a composição do produto e suas informações técnicas.

Além da exposição, a BASF ainda participa de uma palestra no segundo dia do evento, 26 de agosto. Com o tema “Chinelo em PU e TPU 3D: conforto, design e inovação“, terá a participação de Rudnei Assis, expert do mercado de calçados na BASF, Hamilton Dinarte, diretor comercial e desenvolvedor de produtos Tecpol e Bruno da Costa Oliveira, coordenador de Negócios da Additiva 3D Printing. Os especialistas vão abordar sobre o conforto e qualidade do poliuretano da BASF para calçados e sua versatilidade. 

Nessa palestra ainda serão apresentados os dois modelos de chinelos com designs arrojados. Em parceria com a Tecpol e a Additiva 3D Printing, os modelos conceito serão desenvolvidos inteiramente com de PU e TPU de impressão 3D. A partir das 13:45, todos os visitantes do Inspiramais terão acesso e poderão assistir. Para conferir o evento, acesse: www.inspiramais.com.br

WEBSÉRIE PERSPECTIVAS

Promovido em 12 de agosto, o 9º episódio da Web Série ”Perspectivas – Inovação nas práticas de ESG”, uma parceria ABA e Grupo Croma, que contou com mais de 145 inscritos.

Representando o setor de ESG: Grazielle Parenti, Corporate Relations Global Director da BRF e Diretora da ABA, e Vanessa Vilar, General Counsel Brazil da Unilever e Vice-Presidende da ABA.

Acesse: http://clickeventos.aba.com.br/ls/click?upn=ReRkS7ffd4rpHAMBmrsyp0sKlws

RBM

Google se uniu com as operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo e com as fabricantes de smartphones Samsung, Motorola, LG, Multilaser e Positivo Tecnologia para lançar um SMS inteligente chamado Rich Business Messaging.

O RBM permite o envio de mensagens por empresas de forma personalizada e com melhores taxas de conversão. É possível enviar arquivos multimídia e obter relatórios de leitura e envio.

O RBM funciona sobre o protocolo chamado Rich Communications Services, mais conhecido pela sigla RCS. Ele é a versão mais recente do serviço de mensagens SMS, usado por aplicativos como o Android Messages e o Samsung Messages. O RCS, impulsionado pelo Google, já funciona nas quatro operadoras. Apesar de usar recursos conectados, o RBM não descontará dados da franquia de internet móvel dos consumidores.

As operadoras, por meio de parceiros, oferecerão o RBM sob um modelo de cobrança por mensagens avulsas ou por sessões de até 24 horas. Fora isso, o serviço será oferecido para o Ministério da Saúde sem custo até o final deste ano para o envio de informações sobre a covid-19.

Segundo o Google, testes realizados no Brasil, em campanhas distintas, tiveram taxas de conversão de 5 a 7,8 vezes melhores do que com o SMS comum.

“A transformação no modo de consumir, que passou a ser ainda mais online em função da pandemia da Covid-19, fez com que marcas e consumidores buscassem maneiras de comunicação mais interativas”, diz, em nota, Fabio Coelho, presidente do Google Brasil e vice-presidente do Google.

Todos os smartphones Samsung Galaxy que foram lançados neste ano já são compatíveis com o RBM, assim como os seguintes modelos: Galaxy S8, S8+, S9, S9+, S10e, S10, S10+, Note8, Note9, Note10, Note10+, M10, M20, M30, A7 2018, A9 2018, A80, A70, A50, A30, A30s, A20, A20s, A10, A10s.

“Na Samsung, o consumidor está no centro de todas as decisões. Temos uma sólida parceria com o Google e a habilitação do serviço RCS reforça o nosso compromisso em oferecer a melhor experiência por meio de nossos produtos, otimizando a rotina de nossos usuários”, afirma, em nota, Antonio Quintas, Vice-Presidente da divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

O RBM é um caminho para as operadoras combaterem o WhatsApp no Brasil com um sistema sobre o qual elas têm controle e podem oferecê-lo às empresas que quiserem se comunicar com clientes pelo celular.

LEIA MAIS

DESTAQUE: Profissionais de 60+ viram empreendedores digitais

ESPECIAL: Como será o consumo brasileiro e regional pós-pandemia

Tem OPINIÃO, CHARGE do talentoso Cado Bottega e ARTIGOS: de Felipe Dellacqua – Sócio da VTEX, plataforma global de comércio eletrônico líder na América Latina; Alexandre Damasio Coelho – presidente da CDL São Caetano do Sul e advogado; Beatriz Moraes – Sócia-fundadora na Storia Eventos e Projetos; Cado Bottega Publicitário – Vice-presidente de Interiorização da ARP; Ir. Celassi DalpiazDiretora do Colégio Santa Inês e do nosso articulista José Maurício Pires Alves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *