SANTA CASA – DIA NACIONAL DA DOAÇÃO DE ORGÃOS – 02.10.2020

O mês de setembro é conhecido na área da saúde como época para ampliar a divulgação da causa da doação de órgãos. Somente no Brasil, mais de 40 mil pessoas estão à espera por um novo órgão, o que representa, na grande maioria dos casos, a única chance de sobrevivência dessas pessoas, muitas, crianças. O atípico ano de 2020 fez com que a espera por um órgão fosse ainda mais angustiante, pois, devido à pandemia, estima-se que o Brasil teve queda em torno de 60% na realização de transplantes.  Referência brasileira na realização de transplantes no país, o Hospital Dom Vicente Scherer da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre assume, a cada ano, o compromisso de ampliar a divulgação desta causa tão importante. E, entre todos os diversos aspectos a serem abordados, neste ano de pandemia a instituição resolveu homenagear as pessoas envolvidas em todo o processo que envolve a realização de um transplante: desde a captação do órgão até a sua implantação.  

Com esse objetivo, a Santa Casa e o Clube de Criação do Rio Grande do Sul colocaram em produção uma campanha cujo objetivo foi estabelecer uma relação entre o que é representado nas telas e o que acontece de verdade na vida real. “O conceito surgiu da inspiração das várias séries médicas que se popularizaram tanto nos aplicativos de streaming quanto nos canais abertos”, explica o publicitário Cado Bottega.  

A estética utilizada na campanha lembra os seriados médicos, que hoje são responsáveis pelas maiores audiências no mundo todo. Todas as cenas foram captadas na rotina dos profissionais de transplantes do Hospital Dom Vicente Scherer. São imagens reais com os profissionais da assistência, médicos, enfermeiros, técnicos, fisioterapeutas, entre outros, em um dia de trabalho, mostrando a rotina exaustiva e de imensa relevância para toda a sociedade.  

Além das peças mais tradicionais como filme e spot de rádio, uma ação inédita completa essa homenagem. Dentre as séries médicas famosas, está a brasileira “Sob Pressão” da Rede Globo, escrita pelo diretor e roteirista gaúcho, Jorge Furtado. O casal protagonista da série, interpretado pelos artistas Marjorie Estiano e Júlio Andrade, foram convidados a gravar, em vídeo, uma homenagem a estes profissionais. A mensagem principal é centrada em falar que eles – os atores – apenas representam o que acontece na vida real. E que os verdadeiros protagonistas são eles – os profissionais da saúde – os atores da vida real.  

“O nosso objetivo é valorizar e enaltecer o trabalho árduo desses profissionais que lutam diariamente para que vidas perdidas salvem outras vidas que precisam de órgãos e, através dessa homenagem, sensibilizar a população para que sejam doadores de órgãos. Além de enfatizar a enfatizando a #1Salva8 utilizada pela Santa Casa em todas as suas campanhas de doação de órgãos”, explica a gerente de comunicação e marketing da Santa Casa Andréa Schüür Macagnan.  

FICHA TÉCNICA 

A verdadeira maratona dos transplantes de órgãos 

Criação: Clube de Criação do Rio Grande do Sul 

Redação e direção de arte: Alessandro Carlucci, William Mallet, Dreyson Queiroz e Cado Bottega 

Direção filme: Jonas Lucio  

Finalização arte: 3AG Comunicação 

Direção de fotografia: Henrique Thoms 

Edição: Eduardo Garske 

Produtora de vídeo: Santa Transmedia 

Produtora executiva: Renata Munaretto 

Diretor de produção: Jonas Matos 

Produtora de áudio: Loop Reclame 

Cliente: Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre 

Aprovação cliente: Andréa Schüür Macagnan e Dr. J. J. Camargo 

Participação especial: Jorge Furtado, Marjorie Estiano e Julio Andrade 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *