TSUNAMI 60+ – 23.10.2020

Esqueça tudo que você acha que sabe sobre os brasileiros com mais de 60 anos. A imagem da bengala, do cabelo preso ao coque, da pessoa reclusa em casa esperando a hora da morte já não faz mais sentido. O mundo envelheceu. E o Brasil também.

Segundo a ONU, em 2017, o mundo tinha 962 milhões de pessoas com mais de 60 anos. Em 2050, esse número passará para 2,1 bi – o equivalente a 25% da população mundial. No Brasil, hoje temos 30,3 milhões de idosos e seremos 68,1 mi em 2050.

Quem é essa fatia crescente da população? Quais são seus anseios? Suas angústias? Como eles se relacionam com a família, com a cidade, com a tecnologia, com o dinheiro? Como se relacionam consigo mesmos? Como será a vida depois dos 100 anos?

Entrevistamos 2.242 pessoas acima de 55 anos de todos os estados brasileiros e de todas as classes sociais. Visitamos as casas e mergulhamos na rotina de 88 pessoas com mais de 60 anos de 5 capitais. Fizemos perguntas, conhecemos, aprendemos e nos encantamos por essa parcela da população que está mais viva do que nunca. Eles trabalham, se exercitam, ajudam suas famílias, impactam o meio onde vivem, mas se sentem invisíveis para o mundo. Os produtos, a moda, a indústria não fala com eles como gostariam.

Usamos a metáfora do chá, bebida milenar tão apreciada pela maturidade, para contar essa história. Chá é acolhimento, é paciência, é paz. Mas também é conhecimento, habilidade e atitude, como aprendemos em campo na casa de nossos entrevistados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *